quinta-feira, junho 30, 2011

LE TOUR 2011

RITUAL

A qualidade futebolística nada tem a ver com a inteligência oratória. É o que se deseja com sinceridade a propósito deste Tonho Mental.

quarta-feira, junho 29, 2011

ESQUERDA RAIVOSA E JORNALISMO BAIXINHO

Os últimos resultados eleitorais foram expressivos, como nunca o foram antes, na clarificação de quem está para ajudar a resolver o problema e quem está para o agravar. Mas os 15% de eleitores anti-resolução do problema, desataram logo a ameaçar com "agitação social", com "manifestações de rua", com a ameaça de Carvalho da Silva no sentido de que "a maioria eleitoral não é maioria social". Ou seja, para a esquerda só há democracia quando são eles que ganham. Só eles são os democratas e os eleitores que na medida de 85% deram o seu voto às forças políticas que se comprometeram com a resolução do problema são uns idiotas que por aqui andam. Em paralelo, os programas televisivos de comentário político esticam o mais que podem o argumento da "agitação social", dando-a como certa e inevitável, para lá de natural e obrigatória. Os repórteres das televisões são enviados para Atenas de onde enviam histriónicos despachos repletos de opinião do próprio jornalista sobre o que EVENTUAL E PROVAVELMENTE se irá passar em Portugal, em vez da descrição factual e objectiva do que se está a passar em Atenas. Os jornalistas estão em Atenas a falar do que se vai passar em Portugal. O mau jornalismo é uma coisa assustadora. Até pela intencional mobilização "das ruas", as nossas, que este tipo de reportagens televisivas pretende.



Convém por isso que a maioria silenciosa - que votou nas últimas eleições e que aceita com trabalho, esforço e sacrifício voltar a levantar o País - expressamente repudie estas manifestações inadmissíveis de falta de fair-play democrático e que se faça ouvir no sentido de que não quer perturbação social, ainda menos movida pela prova de vida de dirigentes sindicais moribundos.



Quando Socrates ganhou as primeiras eleições, assistiu-se a um período de um ano ou mais sem qualquer contestação. As pessoas aceitaram o resultado das eleições e esperaram que o Governo trabalhasse, dando-lhe tempo. Agora, nada disso se está a passar. Ainda o programa de governo não tinha sido entregue e já surgiam ataques pessoais a ministros. Logo após, aos secretários de Estado. As televisões passam horas em comentários de socialistas desempregados ou em vias de o ficar, a antecipar o insucesso do Governo que mal começou a trabalhar. Ora bem: isto é inadmissível. E as pessoas de bem - que por coincidência são sempre aquelas que pagam a factura do disparate dos outros - têm que se fazer ouvir no sentido de repudiar esta atitude da esquerda que se vai instalando como normal. Ainda hoje, perante um camarada que garantia em voz alta que "o povo vinha todo para a rua", "o Governo que não se atrevesse a cortar mais salários e pensões", tive a oportunidade de lhe levantar ainda mais a voz, esclarecendo o cavalheiro que ele perdeu as eleições e agora só tem que baixar a bola e deixar governar quem ganhou as eleições. E, para surpresa minha, mais pessoas na pastelaria levantaram a voz reforçando o que eu tinha dito, de tal modo que o camarada saiu com o rabo entre as pernas. Ou seja, temos Povo. Finalmente. Por isso, amigos, a nossa tentativa de voltar a levantar o País não se esgotou com o depósito do papel na urna de voto. Temos que mostrar à esquerdalha rasteira que eles perderam as eleições e que vão ter que viver com isso. Porque democracia é mesmo assim. Democracia não é apenas quando é a esquerda a ganhar as eleições.



Ainda não sei se este Governo vai governar bem ou mal. Vou esperar para ver. Mas não aceito que aqueles que perderam as eleições, por margem que traduziu "uma abada das antigas", já estejam a tentar boicotar a acção de um governo eleito por uma expressiva maioria.

terça-feira, junho 28, 2011

POSTE PARA ENCHER

Etiquetas:

segunda-feira, junho 27, 2011

A FLÓRIDA DA EUROPA



"O ministro pode desejar a Florida da Europa, pode desejar um país que presta serviços a reformados ricos do Norte da Europa. Mas até ver, o Zezé Camarinha trouxe para cá mais reformadas suecas que o ministro. Se quer a Florida da Europa, faça por isso e fale depois. Comece por melhorar a segurança jurídica e os direitos de propriedade, facilite a aquisição de imóveis por estrangeiros não os penalizando fiscalmente, garanta-lhes que os bancos são seguros, liberalize a formação de profissionais e a instalação de unidades de saúde. Faça com que os hospitais públicos funcionem de forma eficaz. "

Não podia estar mais de acordo. LER A TOTALIDADE DO ARTIGO NO BLASFÉMIAS.

CANTIGA DA AÇORDA



No passado sábado com a maioria destes cantadores, o meu Vasco estreou-se no cante alentejano em ambiente natural.

A Adega Velha é um local inesquecível.

AFINAL EM QUE DROGA FICAMOS ?

Aqui o Funcionário Público que vive do tacho público acha que está tudo melhor.
Por seu lado, aqui o Médico liberal que tem Clínicas de tratamento, entende que tudo se agravou.


Pelo meu lado não tenho dúvidas que dois indicadores baixaram de forma radical: o indicador do número de crimes e o indicador do consumo. Pois que, se deixou de ser crime o consumo e o diminuto tráfico para consumo, obviamente que o indicador que contabiliza os crimes baixou. E baixou todo e qualquer indicador associado ao indicador do registo de crimes, pois estes deixaram de ser registados.

Com a lei do aborto aconteceu outro tanto. Estando legalizado deixou de ser contabilizado nas estatísticas dos crimes. Também já aconteceu com os cheques sem provisão. Deixaram de ser punidos como tradicionalmente e a "criminalidade baixou". Com o insucesso escolar, idem. Toda a gente passava de ano, sabendo ou não, e as taxas de retenção diminuiram drasticamente.

Já fui destinatário de crítica por estar sempre a desancar no socialismo. Mas o socialismo é isto que acabo de descrever. Como é que alguém que não viva sustentado pelo sistema socialista pode encarar estas parvoíces sem refilar ?

NAKED BIKE RIDE






Cerca de 200 ciclistas participaram na primeira World Naked Bike Ride de Lisboa, para promover o uso da bicicleta na cidade, mas não houve nudez porque a polícia não deixou. Mais um caso em que a atitude evangelizadora da esquerda folclórica só serve para criar anti-corpos nas pessoas que são o alvo da evangelização. No boneco televisivo vi o Presidente da Federação de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta que consegue aparecer sempre. E ao contrário do que o Caetano proferiu, a nudez pública não tem nada a ver com a abolição da censura. Tem a ver com o bom gosto. (Oh Caetano, achas mesmo que alguém te queria ver o pirilau ou o rabinho em cima da bicicleta ? Tens cada uma...) O movimento ciclista abrange e engloba todas as práticas ciclistas, sendo largamente maioritária a de lazer. Por isso, é inaceitável que grupelhos da esquerda radical colonizem aquela Federação para os seus fins de manifestação privada, ainda por cima estabelecendo ligações de calendário entre arraiais de minorias e passeios de bicicleta despidos. Na nossa sociedade cabemos todos. Mas cada um deve ter o bom senso de não incomodar os outros, ainda menos de se sobrepor aos outros.

Exemplificando: um homossexual de direita faz a sua vida discretamente; um homossexual de esquerda quer uma lei que obrigue toda a gente a levar no cú e a afirmar em voz alta que é normal. Um ciclista de direita anda de bicicleta e convida os amigos para o passeio por locais onde não interfira com o transito automóvel; um ciclista de esquerda quer uma lei que obrigue toda a gente a andar de bicicleta pelas avenidas principais e outra que proiba os automóveis. Como o cidadão não pedalante só vê as manifestações da esquerda, passa a pensar que o movimento ciclista é apenas aquela patética amostra. E a Federação que a todos representa, passa a representar apenas alguns.

Outro exemplo: um passeio de ciclismo de lazer organizado por um dos muitos clubes custa um dinheirão em policiamento. Paga-se ao Km. Mas um qualquer grupo de 5 ou 6 ciclistas da esquerda folclórica marca uma "manifestação" ciclísta no Governo Civil de Lisboa com o patrocínio do Vereador Zé e a Polícia Municipal fornece dois carros-patrulha, 6 motas, 6 scooters e ainda mobiliza o pessoal das esquadras da PSP para os cruzamentos. Tudo gratuitamente. Porque era uma manifestação e não um mero passeio de bicicleta.

Vão dar banho ao cão!

domingo, junho 26, 2011

CABREIRA CAMPEÃO










Telefonaram-me a dar a notícia, adiantando que o Cabreira no seu estilo heróico e apesar de não ter na sua equipa quem o pudesse lançar no sprint, aproveitou as marcações entre Barbot e LA e saltou a 3 Km, ganhando e conservando uma trintena de metros de avanço que lhe deram a vitória. Pelo meu lado fico duplamente contente. Desde logo por ser fan do Cabreira, pese embora as nossas vidas profissionais se terem separado ultimamente. Mas fico contente, em especial, porque adivinho e compreendo a determinação e as ganas de confirmar o título que em anos anteriores o impediram de ostentar. Na próxima época a camisola de campeão nacional vai ser exibida com a humildade própria do Cabreira e espero que respeitada por toda a gente, Federação incluída. Até porque quem viu a prova me garantiu que a vitória de hoje foi mais do que merecida.

ENDOVELICUS NO JUVEMOZ

Dia 9 de Julho em Estremoz, o meu filho do meio vai subir ao palco.

ALQUEVA, MOURÃO E MONSARAZ












Sábado com mais de 40º no Alqueva. O meu filho mais novo foi levado ao batizo da Adega Velha do Engº Bação em Mourão, onde os cantadores ficaram surpreendidos por ele conhecer e acompanhar algum do reportório. Em especial a cantiga da açorda. Passámos pelas vistas magníficas de Monsaraz. Com o ar condicionado ligado, a média foi de 11 litros. E mal deu para sair do carro, tal era o bafo do dragão.


sexta-feira, junho 24, 2011

O DELEGADO SINDICAL

video

SIMULTÂNEA

video

SEXO OCASIONAL




video


(enviado pela Isabel)

FMI E PINTO DA COSTA

"O Fundo Monetário Internacional, confrontado com as sucessivas crises europeias e, sobretudo, com o iminente colapso grego, fez chegar à F. C. do Porto SAD, oficialmente, a solicitação para um encontro (a realizar no Estádio do Dragão, pelo que se conhece) com o seu Presidente, Jorge Nuno Pinto da Costa.

Na verdade, referem fontes fidedignas, o êxito empresarial da referida SAD, avaliado pelo extraordinário crescendo das suas exportações e pela sua influência decisiva na nossa balança comercial, não passou despercebido aos dirigentes do FMI.

O intuito da aludida cimeira consistirá, assim, em ouvir de Pinto da Costa uma abalizada opinião sobre o futuro da Economia nacional. E, quiçá, em convidá-lo ainda para consultor daquela Instituição."




MINI-BETONEIRA

Uma opção para pequenos trabalhos, em especial se o "pedreiro" tem que ser em simultâneo o "servente". Se o mesmo operador tem que fazer o serviço completo nem convém fazer muita massa de cada vez para que não seque enquanto espera para ser aplicada. É desmontável, pesa 40 Kg, cabe na mala do carro e a transmissão do motor é directa à cuba, evitando desde logo uma das avarias possíveis. O motor eléctrico anda pelos 0,7 Kw, o que quer que isso signifique em concreto. Para mim é ligá-la à tomada do gerador. O preço é o mesmo de uma clássica de 120 Litros e a capacidade praticamente igual. Tem a vantagem de findos os trabalhos ser muito mais facilmente arrumável.

Etiquetas:

quinta-feira, junho 23, 2011

GUITARRADAS À MANEIRA

POSTE PARA ENCHER

Denise Milani a 8ª Maravilha do Mundo, Património Unesco e da Humanidade em geral.

quarta-feira, junho 22, 2011

ANÚNCIO


Compro betoneira eléctrica de 120/150 litros monofásica e um gerador a gasolina que a aguente, com pelo menos duas tomadas sendo uma para a betoneira e outra para o frigorífico dos refrescos. Que a construção civil faz uma sede...
Andei a ver os preços dos alugueres e fica-me mais barato comprar novo. Se alguém tiver em segunda mão, é questão de se ver o material e o preço.
As fotos foram obtidas no google. Por acaso o gerador fotografado também é trifásico. Mas queria ver se não gastava € 250 só com o gerador.

EU EXPLICO

Para contestar uma opinião não é preciso utilizar adjectivos que diminuam a pessoa que emitiu a opinião contrária. Ou seja, não é por eu chamar estúpido a um tipo que a opinião dele deixa de ser válida. Interessa é evidenciar porque é que a opinião está menos certa.

É assim, tão difícil, rapaziada ? Eu acho que não. Por isso, aprumem-se ou os vossos coments não passam. Eu quando chego à casa de alguém não invisto porta dentro a chamar burro e cego e camelo ao dono da casa. Bem sei que a maior parte da malta já não fez a 4ª Clase das Antigas nem foi à Tropa tendo sido criada na Escola Pública Socialista onde vale tudo e onde não há regras para cumprir, mas isso não justifica que as pessoas assumam modos de cavalgadura só para emitir uma opinião. É que a opinião até pode ser interessante, mas se aparecem aqui aos coices, ou a inferiorizar intelectualmente o autor... ainda por cima no estado de anónimos...É que má criação não é dizer palavrões. Má criação é menorizar ou inferiorizar gratuitamente os outros.

Combinado?

POSTE PARA ENCHER



CADEIRA DOS SONHOS

CARTOON DE HENRIQUE MONTEIRO



Não sou especialista em Linguagem. Mas sou obrigado, por vezes, a conviver com realidades que obrigam a uma interpretação do que é dito, muito para além das meras palavras proferidas. Consumada a transferência de Villas-Boas é fácil perceber, agora, que a célebre afirmação da "cadeira dos sonhos" serviu apenas para elevar o preço da contratação. Alguns portistas sequiosos de afecto só interpretaram o sentido literal da afirmação como uma declaração de amor eterno. Mas Villas-Boas estava apenas a utilizar o tempo de antena das conferências de imprensa para enviar o recado: "Eu estou no local que sempre sonhei, por isso para me tirarem deste sonho têm que pagar o normal que pagariam a um treinador, mais o preço de me privarem da cadeira de sonho". Por seu lado, Pinto da Costa pegou nessa afirmação e tentou amarrá-lo revertendo contra Villas-Boas a dimensão emocional do sentido literal: "É por dizeres que esta é a tua cadeira do sonho que eu sei que não te vais embora, porque se fosse só pelo dinheiro, obviamente que já estavas a caminho". Consumados os factos, é fácil perceber. Andaram a brincar ao gato e ao rato durante o último mês. Manipulando as emoções portistas dos menos prevenidos. Isto sim, são mind games. Não tem nada a ver com o mero exercício de boçal má-criação entre Jorge Jesus e Villas-Boas e vice-versa a que lamentavelmente assistimos.


JORNALISMO RONHOSO

Ressalvo que existem Jornalistas sérios e competentes. Mas atentem por favor nesta capa de jornal. A fotografia é do desconhecido novo Treinador do FCPorto. Mas as letras gordas que marcam o título identificam a fotografia com "Um Professor Violador de Crianças". Se a fotografia fosse do Villas-Boas ou do Domingos seria defensável que essas pessoas eram tão publicamente conhecidas que a confusão entre o título e a fotografia seria minimizada. Mas acontece que o Prof. Vitor Pereira - atenção que ele usa no meio futebolístico o título de Professor - é uma personalidade quase desconhecida do comum dos portugueses que só a partir de ontem apareceu em discurso directo televisivo. A confusão entre o título do violador de crianças e a fotografia é por demais evidente.



Ora, não é por acaso que esta capa acontece. A provocação sistemática de sócios e adeptos do FCPorto mediante o achincalhamento dos profissionais do Clube é prática normal, intencional e deliberada por parte de alguns Jornais e Jornalistas. E é por estas e por outras que Pinto da Costa nas Conferências de Imprensa trata abaixo de cão alguns jornalistas que, convenhamos, não merecem outro tratamento.



Mas o importante para a nossa Vida em Sociedade, é percebermos que este tipo de comportamento por parte dos jornalistas não é admissível, independentemente da pessoa visada. Num país a sério, o jornal seria condenado a uma indemnização que o obrigaria à falência e, por isso, os outros Jornais nunca se atreveriam a repetir a provocação. Parte significativa da imaturidade da nossa democracia deve-se aos jornalismo português que passa a vida a falar da parvoíves - 'pintelhos', como dizia Catroga - em vez de discutir os assuntos e os problemas. Repare-se que a última semana foi passada pelos Jornalistas portugueses a discutir a "falta de experiência governamental" dos ministros indigitados - aliás, óbvia, para aqueles que nunca foram antes ministros - em vez de se discutir os problemas que eles têm para resolver e as alternativas para suavizar as soluções. Ou seja, o habitual discurso inútil do dever-ser em vez de se discutir o ser.



Passamos a vida a discutir como deve ser o capitalismo - como se isso dependesse da nossa opinião ou da opinião da Fátima Campos Ferreira - em vez de discutirmos a melhor maneira de lidar com o capitalismo onde estamos inseridos - quer se goste ou não dele.



Seria bom que nesta época de mudanças profundas na nossa sociedade, também o jornalismo lusitano levasse um virote para sacudir o cotão e arejar os panos. E as muitas nódoas.

terça-feira, junho 21, 2011

DIA HISTÓRICO

Assunção Esteves foi eleita pelos pares Presidente da Assembleia da República. É a primeira mulher eleita para o segundo cargo mais importante do Estado. Acreditamos muito mais na competência pessoal do que no mero género. No caso, Assunção Esteves é muito competente. Usa e abusa do discurso jurídico redondo, mas é um elogio à inteligência. Saúde e sorte.

BOAS NOTÍCIAS

...para David Luis. Finalmente vai ter um Treinador a sério.

BAILINHO À PINTO DA COSTA


"O Fernando e o Rolando já foram vendidos pela Bola".
"Esperemos que o Sr. Vitor Serpa apareça aí com um saco de dinheiro".
"Aos anos que cá ando, só me magoo se cair dum sétimo andar".
"Não há conversas nem negociações; há um número de conta para ser depositada a cláusula de rescisão".
"Desejo que (AVB) ganhe sempre desde que não seja contra o FCPorto; e já agora que empate com o Mourinho porque sou amigo dos dois."

ULTIMA HORA

Modernizando a estrutura directiva encarnada e clarificando objectivos financeiros e desportivos, Viera estabelece Cláusulas de Rescisão de 2 milhões com a águia Vitória. Paralelamente foi assinada idêntica cláusula no valor de um milhão com a águia Empate.

RITALHADAS E TESES DE QUE

Perante os êxitos do FCPorto já vi Joaquim Rita ficar com a cabeça em diferentes formatos, mantendo muito embora a traça original de melão. Ontem à noite na SIC-Notícias e perante o riso incontrolado de satisfação do jornalista-moderador-isento do programa, Rita discorria sobre a "surpresa de Pinto da Costa" perante tudo o que se está a passar no Dragão. Em especial, era reafirmada a velha tese de que Pinto da Costa está a perder faculdades, engolido num vórtice de senilidade que, na tese do Rita, vai deixar o FCPorto sem solução a caminho do abismo desportivo. David Borges, por seu lado, conseguiu desta vez não fazer as habituais tristes figuras de cão raivoso, ciente da recente hecatombe e da falta de perspectivas sérias de superação do problema Vieira. Ribeiro Cristovão, talvez o último Senhor do Jornalismo Desportivo, circunscreveu a tónica do discurso nos aspectos éticos do momento da transferência de Villas-Boas, tendo utilizado até o adjectivo "garoto", assumindo estranhamente um partido na discussão - que nunca foi com ele - ocorrida entre Jorge Jesus e Villas-Boas a propósito de miúdos, garotos, graúdos e 'catadráticos'. O Jornalista, finalmente, babava-se descontrolado, sorria de contentamento sem conseguir dar um ar sério às perguntas. Ou seja, um típico programa desportivo na TV portuguesa onde os intervenientes são todos ronhosamente hostis ao FCPorto, ressalva feita à elegante hostilidade de Ribeiro Cristovão. Mas a grande ideia que ficou no ar é que os "portistas, sócios e adeptos estariam em excruciante agonia emocional devido à traição de Villas-Boas". Ora bem, vamos lá por partes:



1. A tese de que Pinto da Costa foi apanhado de surpresa é contrariada, desde logo, pela existência da Cláusula de Rescisão no valor de 15 milhões de euros. Talvez a mais elevada de sempre para um Treinador. Se oportunamente Pinto da Costa conduziu a situação contratual para a inclusão duma cláusula daquele tipo, obviamente que isso significa que Pinto da Costa antecipou a eventualidade de perder o Treinador. Isto é tão óbvio que até o meu mais novo de 11 anos de idade chegou lá sózinho.



2. A tese de que Pinto da Costa está a perder faculdades e está a ficar senil é contrariada, desde logo, pelos resultados da última época desportiva. Se o palmarés 2010/2011 do FCPorto evidencia senilidade do Presidente, então que se mantenha esse tipo de senilidade que os adeptos e sócios não se importam coisa alguma. Ademais, o que dói à cáfila é que o Homem ainda por cima apareça com namoradas boas.



3. A tese de que os adeptos e sócios estão em excruciante sofrimento é contrariada por algumas conversas que tenho tido com os meus correlegionários. A malta tem pena que a equipa, no seu todo, não seja sujeita à prova suprema da Liga dos Campeões no próximo ano. Até porque existia o sonho de voltar a repetir as duas principais Taças Europeias em anos consecutivos. Caso em que seria um recorde - mais um. E essa é a única (grande) frustração dos sócios e adeptos. Mas, mesmo que a equipa se mantivesse durante a próxima época, seria inevitável o seu desmembramento em 2012 por valores que dependeriam dos resultados desportivos entretanto obtidos. Eventualmente a antecipação em um ano do desmembramento da equipa, até poderá ser financeiramente mais favorável, pois todos os activos estão actualmente na sua máxima valorização, fruto da extraordinária época transacta. Aliás, basta comparar, à laia de anedótico exemplo, com a valorização - que não foi aproveitada (se calhar por castigo divino devido à batota dos tuneis) - dos activos benfiquistas o ano passado. Mantiveram a equipa e conseguiram a proeza de vender ao desbarato durante o ano os activos que no momento adequado teriam valido mais do dobro.



4. Mas a tese que não surgiu na boca dos comentaristas vermelhuscos - com ressalva do Senhor Ribeiro Cristovão - é a de que o FCPorto vai encaixar pelo menos 100 milhões de euros com a operação. Aquilo que para o Benfica não passa de um sonho impossível - valorizar activos num ano pelo valor de 100 milhões - ao FCPorto acontece com naturalidade, quase de improviso, vindo cair no seu colo resultados financeiros que outros só praticarão na PlayStation dos sonhos impossíveis.



5. Vamos perder Falcão ? Vamos perder João Moutinho ? Claro que vamos. Mas no conjunto serão pelo menos 70 Milhões (se não me atraiçoa a memória) que entram como contrapartida. Todos nós sabíamos que aqueles jogadores estavam a prazo no Dragão. Mais tarde ou mais cedo, eles iriam ser contratados por colossos europeus. É disso que o FCPorto vive. E tem vivido muito bem. Ainda por cima, com dois jogadores sacados aos adversários directos - se bem que o Sporting tenha sido compensado com razoabilidade no caso de Moutinho. O que significa que o lucro obtido com aqueles jogadores vale a dobrar, pois para lá do dinheiro positivo que entra em caixa, há a contabilizar o dinheiro virtual que Benfica e Sporting não realizaram por não terem sido eles a beneficiar das operações.



6. Até confesso que tenho pena da cláusula de Hulk ser tão elevada, o que pode inviabilizar um bom negócio. E o óptimo é inimigo do bom. Com uma cláusula de 50 ou 60 milhões o Hulk também integraria o Kit Azul.



7. Por isso, a única tese válida é a de que Pinto da Costa está a trabalhar em cima do arame, como sempre trabalhou, extraindo, regra geral, resultados financeiros e desportivos que os aprendizes de feiticeiro nem sonham como se faça. Mas trabalha em cima do arame devidamente protegido por uma rede contratual de cláusulas de rescisão que lhe permitirão cair de pé e sem se magoar.



8. Percebeu-se, ainda, a tese de que o FCPorto irá ficar sem as principais figuras abrindo caminho ao triunfo do Benfica. Regista-se a mesquinhez do sentimento de quem não aspira a ganhar por mérito próprio, mas contando apenas com a diminuição da capacidade dos adversários, pois tem sido desse modo que ultimamente têm competido, em especial nas secretarias e túneis. E por isso o contentamento era tão grande que o "isento" Jornalista nem se continha na sua alegria, passando o programa a rir parvamente. Boçalmente. Infantilmente.



9. Também ninguém teve perspicácia para perceber que os oficiais modos de ofendido que o FCPorto está a assumir perante o Chelsea não passam de uma estratégia negocial objectiva. "Zangado" o FCPorto não fará qualquer desconto, nem facilitará qualquer pagamento. Trata-se de criar um confronto psicológico com alguém que, por ter dinheiro a mais, não se importa de gastar o que for preciso para mostrar que é ele quem manda.



10. Disto tudo a única coisa que o Benfica vai aprender é a vantagem de incluir uma cláusula de rescisão avantajada no contrato do Treinador. Vamos ficar à espera que o contrato com Jorge Jesus apareça com uma Cláusula de 30 ou 40 milhões. Para todos nos partirmos a rir agarrados à barriga.



11. Mas Villas-Boas não é traidor ao FCPorto. Se o rapaz aos 33 anos tem a hipótese de assinar um contrato de 3 ou 4 anos a ganhar 5 milhões de euros por ano, obviamente que é o negócio da sua vida e da vida dos seus filhos e familiares directos. Ninguém tem o direito de obstruir um futuro desses e Pinto da Costa certamente que seria a última pessoa a fazê-lo.



12. O que eu acho no meio disto tudo, é que o FCPorto deveria obrigar Pinto da Costa a assinar uma Cláusula de Rescisão de 500 milhões, para o caso de o virem contratar para gerir outra equipa.


POSTE PARA ENCHER



segunda-feira, junho 20, 2011

ADEUS VILLAS-BOAS



A SAD portista diz não ter recebido "qualquer comunicação" de que André Villas-Boas está de saída para o Chelsea. Mesmo assim, parece-me que Villas-Boas está mesmo de malas aviadas. Consta que o Chelsea entra com 14 dos 15 milhões da cláusula de rescisão. O restante milhão era suposto ser pago por Jorge Jesus, para abrir caminho a uma eventual vitória no próximo campeonato. Só que os meios de pagamento propostos - ou os depósitos no BPN, ou acções da Sad encarnada, ou acções da futura Sad do novo Estrela da Amadora, tudo da titularidade do Jorge - não foram aceites por óbvia falta de idoneidade. Jesus ainda tentou dar em pagamento a Taça do Guadiana 2011, mas a malta não quer porcarias dessas lá em cima. Ademais essa Taça nem lhe pertence. Já está reservada.

A vida não pára, mas creio manifestar o sentir comum da família portista no sentido de que se deveria manter a equipa mais um ano para testar a boa fórmula na Liga dos Campeões. Sem o Treinador a aglutinar o grupo, já Falcão e outros deixarão de sentir motivos para continuar a resistir à tentação dos milhões com que têm sido assediados. Só Hulk poderá ficar, não por falta de interesse, mas pelo extraordinário peso da Cláusula de Rescisão. Qualquer valor acima dos 50 milhões já é mirabolante, mas se for vendido por 70 ou 80 não faltarão os jornalistas do costume a afirmar a perda de qualidades de Pinto da Costa e o fracasso negocial que será não conseguir vender por 100 milhões. Mas os milhões é que valem e provavelmente teremos que começar uma equipa da novo. Melhor para os adversários que terão mais hipóteses.

Mas a variável com impacto mais significativo é mesmo a contratação de um novo treinador. É que depois de um ano em que se ganhou quase tudo o que havia para ganhar, qualquer um que venha vai saber a pouco, pois dificilmente conseguiria repetir um ano tão extraordinário como aquele que acabámos de viver. Mas como somos optimistas e acreditamos no trabalho, valorizamos os desafios futuros muito mais que as efémeras glórias do passado.

O VERÃO ESTÁ A CHEGAR



ESTABILIDADE




Trocando as rodas dianteiras, a concavidade da jante passa a ser exterior e toda a largura do pneu passa a ser exterior ao ponto de fixação dos parafusos no eixo. Ganhou-se 7,5 cm em cada roda, 15 cm no total. Dizem os entendidos que este alargamento das rodas dianteiras confere estabilidade acrescida de forma significativa. Nas rodas de trás o processo foi outro pois as jantes não estão fixas por justaposição aos topos do eixo. Nas rodas traseiras o eixo penetra a jante, sendo esta fixável em duas posições alternativas no próprio eixo. Ganhou-se apenas 3 cm em cada roda.


GINJA DO SOBRAL
















Colheita, transporte, preparação e depósito para infusão.

GINJA DO SOBRAL




A flor e o fruto vingado.

domingo, junho 19, 2011

CAMPEÃO FUTSAL



O Sporting sagrou-se bicampeão nacional numa temporada em que a supremacia da formação leonina foi evidente. Depois da Supertaça e Taça de Portugal, o clube de Alvalade venceu o campeonato pela décima vez, conseguindo uma tripleta inédita no seu historial.

Tal como no ano passado, a vítima foi o Benfica, que após uma fase regular sem derrotas que lhe valeu o primeiro lugar, terminou a temporada sem glória. Há sete anos que os encarnados não terminavam uma época sem erguer um único troféu.

Etiquetas:

sexta-feira, junho 17, 2011

HOJE FUI ÀS COMPRAS

...e amanhã vou catar ginjas.


REGISTO PARA MEMÓRIA FUTURA



quinta-feira, junho 16, 2011

PORTUGAL GENUÍNO

Festas populares grandiosas - no sentido literal do termo. Segundo a indicação de um conhecedor.



O meu Pai é originário daquele Distrito Transmontano e tenho de memória alguma informação. Existe uma sequência de Romarias que celebra as diferentes " Santas" - acho que são cinco, mas não tenho a certeza. Na nomenclatura local, uma "Santa" corresponde a uma Ermida dedicada a uma Devoção específica a Nossa Senhora. Cada uma das Ermidas está situada no topo de um monte e todas as Ermidas são visíveis entre si. A paisagem é avassaladora naquela zona das terras quentes transmontanas. Já visitei algumas, mas nunca com a sistematização de as elencar. Existe a Nossa Senhora da Pena, que corresponde à fotografia. A Nossa Senhora da Saúde em Sabrosa, Vila Real. A Nossa Senhora de la Salette em Campeã, Vila Real. A Nossa Senhora de Guadalupe em Mouçós, Vila Real. Na outra ponta do distrito, a celebérrima Senhora da Graça em Mondim, se bem que desconheça se esta está relacionada visualmente com as restantes pois tem o Alvão pelo meio. Quem é transmontano da zona e queira ajudar, faça o favor, pois a minha informação é incompleta. Se bem que o tema seja tão aliciante que justifique esta "meia" informação. Ademais se isto fosse um blogue que não dependesse dos contributos de quem sabe mais do que o administrador, nem piada teria. E uma coisa é de elementar cautela: nunca devemos falar das terra dos outros como se a conhecessemos muito bem. Quem é de lá sabe sempre mais do que nós.

PEDRO DA CLARA CAMPEÃO NACIONAL

É SEMPRE A MESMA CONVERSA

NÚS INTEGRAIS

Para o Plastikman, que está farto de reclamar. Metes a moeda e divertes-te.

Etiquetas:

ENDOVELICUS














Os meus metaleiros preferidos.

VIOLÊNCIA NO DESPORTO

Derrota de time de hóquei provoca explosão de violência em Vancouver

Por seu lado, Boston bateu mais um recorde. Nunca uma cidade tinha ganho os quatro títulos profissionais num espaço de tempo tão curto. No futebol americano, os New England Patriots venceram em 2004, os Boston Red Sox (basebol) foram campeões em 2007, os Boston Celtics (NBA) em 2008 e agora os Boston Bruins em 2011.

Ocorre-me outras paragens, onde por coincidência a violência tem sido a catarse da derrota sistemática e onde a vitória se tem manifestado em diferentes valências.

GUITARRADAS À MANEIRA



O melhor guitarrista português de todos os tempos, acompanhado por Luísa Amaro que por coincidência se cruza comigo algumas vezes, pois somos vizinhos. O metaleiro lá de casa anda a tocar Paredes na eléctrica por imposição do respectivo professor de guitarra.

COMO SE FOSSE UMA QUESTÃO DE QUERER



POSTE PARA ENCHER

JUÍZES TAMBÉM COPIAM NA ESCOLA

Ver as cabulices aqui e aqui.


Estão em causa estas vertentes:

1. A arrogância ostensiva com que a maioria dos jovens Juízes se dirige actualmente aos advogados, como se eles fossem a encarnação da virtude e da sabedoria e os advogados uma cáfila que anda por aqui apenas para dificultar o triunfante desfile do magistrado pela alameda da luz.

2. A pouca vergonha de uma Escola de Juízes que deveria ser o impoluto e inatacável exemplo para a Nação.

3. Mas anular um exame irira colidir com o brilhantismo de carreiras que, algumas delas, já não começaram com o mérito da admissão sem cunha ou padrinho.

4. Tudo junto, o que resulta prejudicado é a boa reputação dos Juízes que, na sua esmagadora maioria, são honestos e impolutos.

5. Mas cada vez que se levantou um incidente visando a clarificação de actuações e a lisura de motivos, a corporação se encarregou de abafar, confundidndo o legítimo exercício da clarificação de incompatibilidades objectivas com ataques ao sacro-império das judicaturas.

6. Também nesta matéria se impõe um choque liberal. Para evitar embaraços destes.

7. Desta vez o Bastonário Marinho tem razão.

PEDOFILIA

quarta-feira, junho 15, 2011

POSTE PARA ENCHER



...enquanto tenho o pc encravado.

Etiquetas: