segunda-feira, novembro 03, 2014

A VOZ GROSSA COMEÇA A FALAR FININHO

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, pediu hoje desculpas pelas «péssimas exibições» das duas equipas de futebol sénior do Sporting este fim de semana.

«Ao nível do futebol sénior este fim de semana jamais poderá ser esquecido. Quer a equipa principal quer a equipa B brindaram os sportinguistas com péssimas exibições que não dignificaram o nosso clube e a nossa camisola. Não demonstraram garra nem vontade de vencer e isso é lamentável, só nos restando pedir desculpa por não termos sido dignos do clube que  representamos», escreveu Bruno de Carvalho, na sua página oficial na rede social Facebook.
A equipa principal dos "leões" perdeu no sábado por 3-0 no terreno do Vitória de Guimarães, ficando a seis pontos do líder da I Liga, o Benfica, enquanto a formação B foi goleada pelo Atlético, por 5-0, na II Liga.
«Agora não é tempo de levantar a cabeça, é tempo de nos mostrarmos dignos deste clube e demonstrar que não são apenas os nossos sócios e adeptos que se esforçam ao limite das suas forças durante os jogos, mas que nós profissionais também somos capazes de o fazer em todos os jogos», pediu o líder "leonino".
Continuo a achar um disparate esta  hipervalorização dos resultados. Sejam positivos, sejam negativos. Este tipo de intensidade retórica só produz efeitos anímicos durante um curto prazo. Já começou a cansar. E em breve ninguém se dará ao trabalho de ler ou de ouvir banalidades. E, internamente, a linguagem do chicote, a zurzir os atletas, cria naturais anti-corpos.
Esta estratégia, aliada ao sistemático confronto e provocação dos adversários, só terá como consequência  a médio prazo a  multiplicação da celebração pelos outros dos fracassos leoninos.
Mourinho faz disto, mas com as costas quentes quanto à qualidade das suas equipas e à quantidade dos meios financeiros ao dispor. Bruno de Carvalho não tem equipa nem dinheiro para ensaiar métodos destes.
 Digo eu. Que pela primeira vez sorri com um derrota do Sporting. Não pelo Sporting, que foi sempre o segundo Clube lá em casa, mas pelo seu Presidente. A expressão foi: "Bem feita, que é para não seres parvo!"

2 Comments:

Blogger Bruno said...

Ó Carneiro, essa do segundo clube lá em casa continua a ser boa. Gostava de ver se não o fosse: apoiar o Fífias contra o SCP, o Guimarães, o Chelsea, o Schalke, etc.

Deve ser do género: gosto muito de mulheres, mas se por um cataclisma mundial o género se extinguisse, passava a gostar de homens.

13:38  
Blogger carneiro said...

lá em casa há sportinguistas que foram sempre respeitados, em especial quando perdem.
Repito: Nunca, até à gerencia deste presidente adolescente, uma derrota do sporting tinha sido celebrada lá em casa.

A minha relação com o Sporting alterou-se profundamente desde que esta parvalhão apareceu em cena.

Lamento, mas não vou dizer coisas politicamente correctas só para te ser simpático.

Mais, o chefe de claque até vai rebentar com o Sporting - que a época passada foi apenas uma coincidencia cósmica, mas ele (e outros) convenceram-se que se podem ter cabritos sem cabras -, mas esse já não é problema meu.

13:33  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home