quarta-feira, outubro 29, 2014

CRISTIANOFOBIA


"Uma empregada em Palmelkh, na Arábia Saudita, foi torturada por ter reivindicado a sua fé em Jesus Cristo.

Por tal facto, coseram-lhe a sangue frio as pálpebras do seu olho esquerdo e os seus lábios.
Trata-se de mais um crime que a comunidade internacional tem medo de denunciar.
A jovem limitou-se a dizer diante dos seus colegas: "Jesus Cristo, que a paz esteja contigo, és o meu Salvador". De imediato os seus colegas denunciaram-na à hierarquia que, como punição, decidiram coser a sangue frio as pálpebras  do seu olho esquerdo e os seus lábios, para que não pudesse exprimir a sua fé em Jesus Cristo.
Foi um tratamento inumano e abominável, agravado com o facto de os meios de comunicação internacional silenciarem mais um caso, a fim de não "perturbarem" os "amigos" da Arábia Saudita.
Nesta Europa cobarde e de cócoras perante os muçulmanos, aceita-se e proclama-se a liberdade religiosa para  TODOS e autoriza-se a construção de mesquitas pagas com dinheiro de países muçulmanos, que SÓ consentem a liberdade religiosa para os seguidores do Islão.
Para contrapor o silêncio dos media, divulga esta foto e a sua explicação."
(RECEBIDO POR E-MAIL)

2 Comments:

Blogger Bruno said...

Ah pois, e os cristãos no Iraque, Paquistão, etc., estão a ser dizimados nas suas comunidades cada vez mais reduzidas. O Islão não é isso, mas utilizam-no como política agressiva contra o Ocidente. E como todos os Impérios a queda mina-se por dentro: França mais uma vez será o baluarte, neste caso da implosão.

13:54  
Anonymous Agnelo said...

De cócoras. Exatamente!
Deixamos que construam mesquitas enquanto eles proíbem igrejas e perseguem cristãos.
Vergonha, é o que ocorre.

01:15  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home