domingo, fevereiro 23, 2014

HELENA MATOS CHAMA OS BOIS PELOS NOMES

"Neste faz de conta de que são democratas e como falam muito de trabalhadores são certamente muito bem intencionados, dogmas subjacentes à relação da sociedade portuguesa com o PCP, faz-se por esquecer aquilo que os comunistas realmente são: defensores de uma sociedade totalitária, apoiantes nunca arrependidos de regimes iníquos e estruturas corporativas altamente eficazes a retirar as vantagens do sistema nos nefandos países capitalistas onde os seus projectos de poder falharam. Mas como falam muito de trabalhadores e (ó suprema ironia!) de liberdade são uma gracinha. Uma espécie de ursinhos de peluche (experimentem entrar-lhes nas zonas que consideram suas e logo verão o sorriso de peluche dar lugar a um rugido bem real ou, pior, à insídia, à insinuação, à manobra de bastidores…) Mas como ninguém resiste a um ursinho de peluche cá andamos com os nossos ‘pecês’ ao colo. E quando declaram não ter a certeza se a Coreia do Norte é ou não uma democracia ou redigem comunicados como o que fizeram recentemente sobre a Venezuela acaba tudo a sorrir de forma condescendente. "

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home