sexta-feira, novembro 27, 2015

OS REFUGIADOS ESTÃO-SE A CAGAR PARA PORTUGAL

Portugal disponibilizou-se para receber 4754, mas só deverão chegar 50 até ao Natal: 30 da Itália e 20 da Grécia. 

Só os Funcionários Públicos portugueses que vivem da "indústria do apoio humanitário" é que se esgatanham todos para que alguns desgraçados venham enganados para Portugal. Porque esses equivocados são a razão de ser dos milhões que custam aos contribuintes portugueses a manutenção dos empregos dos profissionais da actividade humanitária. E há uns nomes sonantes. Em especial familiares de membros da maçonaria e do Partido Socialista. Porque essa gente, como se sabe, tem especial aptidão para tratar dos coitadinhos. As pessoas  das famílias ricas da esquerda já nascem com esse gene do coitaditismo multicultural. Até porque se pagam bem. O que, como também se sabe, desenvolve ainda mais o gene.
Nos tempos actuais, com o atraso económico, social e cívico da sociedade portuguesa, ancorada ao reaccionarismo atávico da esquerda que pensa ainda estar a viver nos anos setenta do seculo passado, só um idiota é que, podendo escolher entre Portugal e um país civilizado e moderno do norte da Europa, abdica da modernidade e dá preferência a este cantinho de clima ameno onde ainda se grita "o povo unido jamais será vencido".
Os  jovens portugueses já se estão a preparar academicamente em função do mercado de trabalho, não em Portugal, mas em Inglaterra, Suiça, Alemanha, Austria, Suécia, pois se recusam a passar os próximos 40 anos -  a sua  inteira vida útil de trabalho - a sustentar  uma segurança social injusta e intelectualmente desonesta que premeia os interesses instalados e que sacrifica exclusivamente quem chega de novo ao sistema, Por isso, os nossos jovens não estão interessados em sustentar um sistema unidireccional, unicamente dirigido a sustentar os actuais pensionistas que não admitem reduzir um centimo das actuais pensões graduadas muito acima dos descontos efectuados e do que o sistema consegue aguentar.
Por isso,  "andar uma vida inteira a trabalhar para pagar as pensões destes gulosos que não fazem qualquer sacrifício por mim  nem admitem corrigir o sistema e, depois, quando chegar a minha vez, o sistema estar falido, não estou para isso." É este o sentir dos jovens mais preparados. E as cavalgaduras da Esquerda acham que os Jovens portugueses estão a emigrar por causa da Troika.
Mas voltando aos estrangeiros,  no comparativo entre destinos para refugiados de guerra ou imigrantes económicos, Portugal não interessa nem ao menino Jesus. Sorte a nossa, Que não vem para cá,  na mistrura, quem não interessa.

Fica assim provada a excelencia da Constituição económica e política do regime instaurado há 40 anos.  Que grande progresso que Portugal alcançou que nem os sudaneses que passam fome de cão lá na terrinha deles querem vir viver para Portugal. Que grande exito constitucional que se tem vivido em Portugal. Bem pode a Esquerda limpar as mãos à parede.

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Para complemento e opinião segue linnk

https://www.youtube.com/watch?t=10&v=8Y7NcgEkOSQ

17:45  
Anonymous Lufra said...

Portugal não dá subsídios suficientes!

17:49  
Blogger Lura do Grilo said...

Ainda bem! Afinal é fácil manter esta gente fora do país.

19:59  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home