quinta-feira, dezembro 18, 2014

PINTO DA COSTA EM ÉVORA

Como sócio do F.C.Porto não gostei de ver o meu Presidente em Évora, mesmo que tenha afirmado e repetido quatro vezes para os jornalistas surdos que estava ali a título pessoal para visitar um amigo. 
Pinto da Costa foi marcar uma posição política.  Sabia que os jornalistas estavam ali que nem cães a um osso. Na Cidade do Porto esteve sempre próximo do Partido Socialista, - aliás, como é regra da geração que já era adulta em 1974 e que rapidamente percebeu que só na sombra do PS se faria carreira com êxito. Foi render homenagem aos amigos da política. Pagar favores em termos de pressão mediática sobre a justiça ou, pelo menos, manter a conta-corrente actual. Para mostrar que Sócrates merece consenso em várias áreas sobre a sua inocência.  O meu F.C.Porto não deve servir para se associar à porcaria.
Ao seu melhor estilo, criou um facto ruidoso  que se sobrepusesse à humilhante derrota no Dragão com o Benfica.
Cartão Amarelo, Senhor Presidente ! 

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home