terça-feira, junho 17, 2014

NÃO FAZ MAL, O CONTRIBUINTE PAGA

Enquanto a Tap não for privatizada, é o português que nunca anda de avião, ou que quando viaja escolhe outra companhia melhor, que paga este escandalo.

"Companhia cancelou vários voos no Recife desde 12 de Junho. Governo de Pernambuco proíbe venda de passagens pela TAP e aplica multa de 400 mil reais à companhia

A TAP foi proibida de vender passagens para viagens a partir de Pernambuco durante cinco dias, numa decisão tomada este domingo pelo ramo de defesa do consumidor (Procon) do governo daquele estado. Em causa os "constantes cancelamentos e atrasos de voos da companhia aérea TAP, que desde o último dia 12/06 vem remarcando o voo TT16 e na tarde deste domingo (15) cancelou mais um voo, o TT14". A explicação surge no comunicado divulgado pelo Procon. Além da proibição de venda, a TAP vai ser ainda multada em cem mil reais (33 mil euros) por cada voo cancelado.

"A rápida reacção das autoridades brasileiras surge porque esta não é a primeira vez que a TAP é alvo de queixas relacionadas com a qualidade do serviço que presta no Recife. Solange Ramalho, gerente de fiscalização do Procon, ouvida pelo "Diário de Pernambuco", salientou que a transportadora portuguesa é reincidente "em vender o que não pode e a situação está insustentável". "A TAP não vem prestando a devida informação aos passageiros sobre o motivo dos cancelamentos e atrasos dos voos. Aproximadamente 135 passageiros estão sendo prejudicados", detalha por seu turno o comunicado do Procon. As viagens afectadas até ao momento foram o voo "que sairia na quinta-feira 12/06, às 23h", que só saiu "15/06, às 12h", o voo "que sairia a 15/06, às 21h15, e foi cancelado" e também o voo desta segunda-feira. "Além da proibição de vender novas passagens, a TAP receberá multas pelas infracções cometidas", refere o Procon, que já avançou que o grupo TAP será multado em aproximadamente 100 mil reais por voo, até um total que pode chegar aos 400 mil reais - 132 mil euros. "

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Pelos vistos bem avisada andou a FPF quando prescindiu dos voos da TAP para o transporte da Selecção Portuguesa de Futebol.
Foi pena. Com a TAP aqueles 4-0 nunca tinham acontecido, os pilotos não tinham chegado a horas

17:01  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home