terça-feira, junho 17, 2014

ECONOMIA PARA MEDIANOS

"(...) só quem acredita que a economia é uma dádiva celestial (ou governamental, o que, para o caso, resulta no mesmo) pode conceber crescimento de riqueza em simultâneo com crescimento de impostos. A riqueza ou fica nas mãos de quem a gera e comprovadamente a sabe aplicar ou vai para os cofres do estado, de onde some inutilmente mesmo antes de lá entrar.

Assim, só numa economia que permita a poupança, isto é, com baixos impostos, poderá haver investimento e criação de empresas e de emprego, o mesmo é dizer, de riqueza. Por outras palavras, enquanto os impostos permanecerem pornograficamente altos, a economia portuguesa continuará a esmorecer. Tudo o mais é conversa fiada."




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home