segunda-feira, junho 29, 2015

TRAGÉDIA HUMANITÁRIA DA TRETA


Bancos ficam fechados toda a semana. Levantamentos limitados a 60 euros/dia. 


 Segundo a Pordata, em 2014 o rendimento per capita em Portugal foi de € 16.638, o que dá um rendimento diário para os portugueses de € 45.58.

Como muito bem salienta o Kruzes Kanhoto"Crise humanitária é um conceito que, digo eu, nos suscita imagens de gente esfomeada em busca de comida. Ou em fuga de conflitos armados. Da Grécia as noticias que nos chegam referem uma corrida da população ao levantamento dos depósitos bancários e, agora, de filas intermináveis em tudo o que é multibanco na esperança de colocar os euros a salvo dos malucos do Syriza. Crise humanitária?! Tomaram a maioria dos habitantes deste planeta..." 

Como informava Vitor Bento há poucos dias na TVI: “Até 2012 [última série conhecida], a pensão média na Grécia era de 1000 euros e em Portugal 675 €. A pensão média alemã são 1.000 e poucos euros. Não estamos a falar de valores extremamente baixos. Valores face ao que têm sido outros programas de ajustamento são perfeitamente razoáveis”.

 Em conclusão: Quero que os gregos se fodam. Andaram a viver sem trabalhar o suficiente, sustentados pelos  impostos que os outros pagam, querem faltar ao pagamento do que devem e ainda querem mais dinheiro a crédito. Mas não aceitam apertar nem um furo no cinto.

 Puta que os pariu. Tomara que saiam, mesmo, do euro.

Etiquetas:

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Andam por aí uns pascácios da dita esquerda bem pensante, os bloquistas, pêcês e outras aves raras tipo Alegre e Sousa Tavares, muito solidários com a Grécia... Portugal fica a arder com o estoiro grego directamente em 4,6 mil milhões mais a exposição do BCP à dívida em mais uns milhões largos, fora os custos indirectos, queda de bolsas, aumento de juros, etc, etc e quem vai ter se sofrer mais isso são os portugueses, mas essa cambada anda preocupada é com os gregos... É impressionante a invasão na net (facebooks, etc, com as mensagens de solidariedade para os caloteiros que andam a viver à custa dos outros há anos...)por parte dessa malta tão preocupada com o bem estar dos gregos que nos sai do bolso mas que também não quer austeridade em Portugal... A coerência e o realismo desses gajos é qualquer coisa de impressionante...

10:46  
Blogger Lura do Grilo said...

"QUERO QUE OS GREGOS SE FODAM" Eu também!

00:20  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home