terça-feira, novembro 18, 2014

MUROS

Pelo menos sete pessoas morreram, entre elas os dois alegados atacantes, num tiroteio numa sinagoga do bairro Har Nof em Jerusalém este, revelou o canal 2 da televisão israelita.

Perante estas notícias, ficam automaticamente respondidos comentários como este.

Por outro lado, não deixo de salientar a habitual manipulação que o jornalismo ronhoso  faz da realidade dos factos. Dois terroristas entraram a disparar numa sinagoga onde estavam pessoas desarmadas a rezar. Mas a notícia fala de "um tiroteio numa sinagoga", como se os judeus que estavam a rezar tivessem desatado aos tiros. Os terroristas vieram a ser abatidos mais tarde, quando fugiam, pela Polícia israelita. Mas a notícia quer fazer crer que aquilo foi um tiroteio duns para os outros, tipo peladinha de futebol mano-a-mano. Mas não foi. Foi um ataque a uma sinagoga contra pessoas indefesas que estavam a rezar. Aliás, semelhante aos atentados perpetrados contra Igrejas cristãs. 

Mas os  jornalistas progressistas e os H. Sá deste mundo  só se escandalizam quando uma mesquita é atingida por uma bomba depois de se ter avisado 3 vezes para evacuar o local. 


A notícia do Expresso, que agora está no  link, já foi alterada na parte do "cidadão palestiniano". A crítica foi tanta que os tipos tiveram uma pontinha de vergonha. Mas eu ainda li a notícia com as palavras que cito. 


2 Comments:

Blogger Bruno said...

Pois é o que temos: comunas ressabiados, malta que não sabe a que género pertence, outros que gostam de pôr ossos e ferros no nariz e outras partes, tatuagens de peixes no pescoço; que, depois, acham que a sua posição e opinião parcial é que vale em comunicação social generalista.

Basta olhar para a capa do Avante, esse pasquim oficial: "manobras da nato: a aliança atlântica anda a fazer jogos de guerra na Ucrânia junto à fronteira da Rússia, desestabilizando a zona (sic)"...

Pois claro que sim!

13:27  
Anonymous Agnelo said...

É de cabrões, mesmo.

22:31  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home