quarta-feira, fevereiro 17, 2016

MORREU UM AMIGO A QUEM MUITO DEVO

Faleceu hoje, 16 de fevereiro, monsenhor Alberto Augusto Teixeira Dias, com 85 anos. O sacerdote era atualmente, desde 2001, vigário paroquial (coadjutor) da paróquia de São João de Deus, em Lisboa.
Hoje, terça-feira, pelas 21h30, vai ser celebrada Missa, na igreja de São João de Deus. As exéquias realizam-se amanhã, 17 de fevereiro, às 10h00, na mesma igreja, e vão ser presididas pelo Cardeal-Patriarca, D. Manuel Clemente. De seguida o funeral segue para Vila do Conde, Diocese de Porto, sua terra natal.
Monsenhor Alberto Teixeira Dias foi ordenado sacerdote em agosto de 1957, pelo Cardeal Cerejeira, na Sé de Lisboa. Entre 1957 e 1958 foi coadjutor de Alcochete e Samouco e capelão da Base Aérea do Montijo. Foi depois coadjutor da paróquia de Santa Maria de Belém e entre 1966 e 1976 foi pároco do Bombarral, Vale Covo e Pêro Moniz, onde também foi diretor do Externato do Bombarral (O Académico).
Entre 1976 e 1996, o sacerdote foi pároco de Queluz e membro da Comissão de Liturgia e Música Sacra do Patriarcado de Lisboa, a partir de 1980. De 1984 até 1990 foi vigário da Amadora e membro do Conselho Presbiteral, em representação desta vigararia.
Monsenhor Alberto Teixeira Dias foi membro da equipa responsável pela formação de diáconos permanentes, a partir de 1994. Entre 1996 e 2001 foi pároco de Santa Catarina, nas Caldas da Rainha, Carvalhal Benfeito e membro do Conselho Presbiteral, em representação da Vigararia de Caldas da Rainha – Óbidos.
Foi membro da Irmandade de São Pedro do Clero, do Patriarcado de Lisboa.

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Obrigado Padre Alberto por tudo o que me fizeste sentir em matéria de fé. Tenho saudades!!!

23:11  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home