terça-feira, outubro 13, 2015

HOJE TODA A GENTE EXTRAI CONCLUSÕES DESTA SONDAGEM



Soluções que incluem a PàF - 32,1 + 20,4  =  53,5 %
Soluções que incluem o PS   - 32,1 + 26,6 + 5,9 + 3,8 = 68.4 %

Porém, não é possível ao PS governar com a Lua e com o Sol em simultâneo, Daí que aquele resultado de 68,4%  tenha que ser decomposto. Assim:

Soluções com PS coligado à direita- 32,1 %
Soluções com PS coligado à esquerda - 26,6 + 5,9 =  32,5 %

Solução com PS dependendo da esquerda ou da direita em separado ou em simultaneo - 3,8%

Segundo as interpretações dos resultados eleitorais que a intelectualidade de Esquerda tem expressado, aqueles 11,2 % Sem Opinião, devem ser contabilizados em favor de qualquer solução da Esquerda, pois que se não têm opinião expressa , é porque não se opõem às soluções da Esquerda.

Os resultados eleitorais foram subvertidos. A Coligação que ganhou as eleições vai ser impedida de governar e o Governo vai ser assumido por uma coligação negativa com o único objectivo de não deixar governar quem ganhou as eleições.

Eu deixava a Frente de Esquerda formar Governo. E depois que se entendessem com a Comissão Europeia como aconteceu com o Tsipras

De qualquer modo, a Troika tem que voltar cá mais 3 anos para se acabar de arrumar a casa.

6 Comments:

Anonymous Lufra said...

"Eu deixava a Frente de Esquerda formar Governo. E depois que se entendessem com a Comissão Europeia como aconteceu com o Tsipras"
Também me apetece dizer o mesmo e era exactamente isso que mereciam, quem votou nesta esquerdalha, para abrirem a pestana. Mas eu e muitos portuguese, já agora a grande maioria, não votamos nessa solução, e não merecemos o descalabro que isso iria provocar.

16:04  
Blogger Bruno said...

Experiências sociais de frentes populares de comunas não obrigado.

Já não há tempo, oh filha, o indiano e os comunas têm que ser rebentados.

16:42  
Blogger carneiro said...

Se a Presidencia for de direita, o governo frentista só dura um ano. E nessa ocasião o PS já se pasokou por completo.

Mesmo que o governo não caia por iniciativa presidencial, cairá por incompatibilidade entre as regras de Bruxelas e o que os comunas exigirão. Para dar o que os comunas vão querer a única saída é aumentar impostos. E depois voltamos a falar de austeridade.

Ainda por cima, mesmo que em PM, Costa vai ter grandes problemas no congresso do PS. Se o governo PS em funções fosse uma coisa estável que permitisse sustentar a clientela socialista ele ainda se aguentava. Mas o governo vai estar colado com cuspo. Quem apoiar Costa sabe que está a apostar no cavalo que vai perder.

Se eu fosse o Costa exigia 2 ministérios e algumas secretarias de Estado e integrava um governo de salvação nacional ao centro. O Passos aceitava como o mal menor, o Costa aguentava-se dentro do PS,o Cavaco via o seu sonho concretizado e o País seguia para bingo.

17:14  
Anonymous Kruzes Kanhoto said...

Por um lado até era bom um governo da esquerdalha. Rebentava com o que resta disto em três tempos e depois talvez o pagode aprendesse de vez a ter juízo.

O pior é que depois lembro-me do que se passou por aqui em 1975 e não consigo ficar tranquilo. Coisas de ainda ter memória...

22:32  
Blogger Bruno said...

O Grande Carroceiro quer também puxar a carroça aos comunas, inflexível a negociar com o centro-direita, vai ser inflexível com as Cadelas Histéricas e com o Urso Estalinista, pois claro. Facada no partido no acesso ao poder e agora facada no país no acesso à sobrevivência política. Poder não será dele.
A educação aos adultos ele que a tome, que bem precisa.

11:26  
Anonymous Lufra said...

O Costa que não se esqueça que as cobras matam abraçando!
Ou ele é a maior cobra desta história, ou já está morto e ainda não sabe!

19:39  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home