sexta-feira, abril 30, 2010

NOTÍCIAS DO DIA

Sócrates garante que Governo não vai aumentar IVA.

- O meu palpite é que o aumento seja de 2%.

A taxa de desemprego na Espanha chegou a 20%

- Cá é superior: 10,5 % oficiais, 8,5% em rendimento social, 3% em formação profissional. Todos estão inactivos e todos recebem subsídio. Só que em Espanha metem tudo no mesmo saco que é para ninguém andar enganado.

“Passos Coelho é um sósia de Sócrates”

- outro que acabou o curso ao domingo, que tem primos vigaristas e uma mãe que compra casas a metade do preço dos vizinhos do mesmo prédio.

Médicos fazem urgências sem qualificações

- E depois ? Qual o Político que as tem ? Só se for aquele que fez inglês técnico ao domingo e o outro que fez relações internacionais à Sétima Feira (O quê ? esse dia não existe na semana ? O que é que isso interessa...Passa a existir.Ponto final.)

Governo vai manter política de obras públicas, incluindo o TGV e aeroporto

- É a melhor notícia para sossegar os mercados internacionais. Ainda havemos de agradecer a genialidade macro-económica destes tipos.


«O país não tem dinheiro»

- Quem é que anda por aí a dizer estas aldrabices ? Querem dinheiro ? Quanto ? Vá lá, não se façam de poupados ? Querem mil milhões ? Dois, três, quatro ? Ok, tudo bem: em Maio vamos pedir emprestados mais 5 mil milhões de euros. Como é possível dizer-se que não temos dinheiro...

Passos Coelho ultrapassa Sócrates na corrida para primeiro-ministro

- Vai-nos servir de muito. É assim uma espécie de mudar da merda para o cagalhão.


O Ministério Público pediu a condenação de Carolina Salgado por quatro crimes, num conjunto de seis processos que a opõem a Pinto da Costa, ilibando o líder portista de a ter agredido.

-Instrumentalizaram e serviram-se da puta e agora deixam-na à sorte dela. Então Leonor Pinhão, vai lá escrever este livro. Porque este é o Livro da Vida. Lixaram bem lixada a rapariga...


Vai ser o jogo entre a capital da província e os provincianos da capital - José Pina, Sportinguista.

- que ninguém se magoe.

quinta-feira, abril 29, 2010

HINO NACIONAL

Pobre Povo

Nação doente

E mortal

Expulsai os tubarões

Exploradores de Portugal

Entre as burlas

Sem vergonha

Ó Pátria

Cala-lhe a voz

Dessa corja tão atroz

Que há-de levar-te à miséria

P'ra rua, p'ra rua

Quem te está a aniquilar

P'ra rua, p'ra rua

Os que só estão a chular

Contra os burlões

Lutar, lutar !


(enviado por um amigo anónimo)

quarta-feira, abril 28, 2010

BIGODE DE MOLHO

"O Governo socialista grego decidiu congelar as reformas e reduzir em 30 por cento o 13.º mês e em 60 por cento o 14.º mês de salário dos funcionários públicos.
Além destas, as medidas de austeridade suplementares incluem um aumento de dois pontos percentuais da taxa do IVA e dos impostos sobre álcool, combustíveis e produtos de luxo, declarou o porta-voz do Governo socialista, Georges Petalotis."

Também cá vai chegar, descansem.

O Guterres - e todos desde então, incluindo o Durão, sendo que o Santana Lopes não teve tempo para muito - pôs-se a contrair empréstimos no estrangeiro para debelar algumas situações de miséria social que rapidamente se transformaram em pobreza institucionalizada. As nossas Assistentes Sociais para justificar o respectivo emprego andaram a descobrir todos os buraquinhos onde podiam entregar um subsídio. E por isso temos famílias ciganas, culturalmente avessas ao trabalho e à boa ordem social, a receber vários subsídios em montante superior aos rendimentos de uma família equivalente da classe média que se levante todos os dias às 6 da manhã para ir trabalhar - para pagar comida, roupa, impostos, a casa ao banco, o carro à Tecnicrédito, os remédios na Farmácia, o pediatra do mais novo que tem asma e tudo o mais.

As Assistentes Sociais fazem lembrar aquele Prefeito da telenovela que para inaugurar a grande obra do seu mandato acabou por contratar o Zeca Diabo para matar alguém que pudesse pretextar a inauguração do Cemitério. As Assistentes Sociais deveriam ir buscar a casa dos ciganos todos os plasmas que os gajos compraram com os subsídios que receberam - e que eu paguei para eles receberem. Tenho 50 anos de idade, trabalhei toda a vida e nunca comprei um plasma, porque tive sempre outras despesas prioritárias.

Este ano vamos ter novidades. O PS não arriscava sozinho, pois já sabe que assim que Cavaco for reeleito vamos a eleições legislativas. E não arriscava agora medidas impopulares. Aliás, antes das últimas eleições andou a gastar dinheiro à parva em subsídios para manter emprego em empresas que fecharam logo após as eleições, mandando toda a gente para o Fundo de Desemprego. E agravou ainda mais o actual déficit.
Mas com o apoio do prestável Passos Coelho, nenhum partido do Bloco Central tirará vantagem eleitoral dessa medida e por isso é bom que se comece a poupar para o próximo Natal. Parte do próximo subsídio vai ser para iniciar o pagamento dos empréstimos contraídos nos últimos 15 anos para sustentar a ciganada. Os de raça e os que copiaram os hábitos.


Quem não tem bigode para pôr de molho, é deixar crescer. Vamos pagar nos próximos 30 anos a vida farta e rica que tivémos nos últimos 15 anos.

E a saída do Euro vai ser inevitável. Até porque os países do norte estão a arrastar a situação exactamente para forçar a Grécia a sair. A história dos PIIGS - Portugal, Italy, Irland, Greece and Spain - é mesmo uma questão cultural, xenófoba, com profundas raízes históricas. Basta ver o mapa dos países católicos, protestantes e ortodoxos. Os protestantes não estão para sustentar os católicos. A Grécia veio por arrasto económico.

Vamos voltar a ter 30 % da população activa dedicada à agricultura de subsistência. Ou isso, ou a emigração ou a fome.

Por mim, propunha uma revoluçãozita que colocasse os pontos nos iis e que expulsasse a chungaria da maçonaria jacobina do país. Até nisso o 25 de Abril foi um fracasso. No tempo de Salazar a maçonaria era composta por homens sérios e honestos. Hoje toda a chungaria que se pendurou no PS foi admitida. Os resultados estão à vista.

O que nos vale é que o Bloco de Esquerda está indignado com os mercados internacionais. Se o Bloco está indignado é bom que os gajos tenham cuidado.

ALUGUERES DE LONGA DURAÇÃO

Transcrevo um parcial de uma alegação de recurso com a finalidade de alertar para a autêntica vigarice em que se transformou o negócio Financeiro dos Alugueres de Longa Duração e Leasings de automóvel.




" Como será do conhecimento comum os contratos de Aluguer de Longa Duração, bem como os seus congéneres de Leasing, quando aplicados a automóveis, visavam tornear, numa primeira fase da história da nossa economia recente, a proibição das vendas a prestações e, mais tarde, passaram a viver encostados ao inexplicável regime fiscal de favor que permite às empresas locatárias a dedução da integralidade das “rendas”.

Assim, este tipo de contratos, regra geral, visa materialmente a compra do automóvel, sendo que a forma de aluguer de longa duração é apenas uma roupagem fiscal e contratual da intenção-base, da vontade real, do fim concreto do negócio.

Aliás, a latere, sempre se dirá que há muitos anos que na nossa prática profissional desaconselhamos energicamente os nossos clientes a celebrar contratos deste tipo, quer pelas abusadoras cláusulas penais, quer sobretudo pela estrutura contratual que empurra decisivamente para a vantagem desproporcionada do Locador quando o Locatário entra em incumprimento.

Ao contrário de todos os princípios gerais do nosso direito que visam e prosseguem o bom final de qualquer negócio, ajudando, corrigindo, apoiando o percurso negocial das partes, pois que o Direito visa a realização saudável dos negócios, este tipo de contratos potencia e tira escandaloso proveito do incumprimento da parte mais fraca.

Se o Locatário tem o azar de entrar em incumprimento, fica desde logo impedido de retomar o negócio, mesmo que queira compensar (como seria equilibrado) o período do incumprimento.

Ou seja, este tipo de contratos é o instrumento desleal de uma demolidora indústria do incumprimento – que vale muitos milhões de euros -, assente nas vantagens desproporcionadas que o incumprimento de uma das partes confere à outra.

Usa e abusa do Bem Social que é a Justiça, como instrumento privado e braço armado da sua intenção empresarial amoral. Existem sociedades de Advogados com alguma dimensão que só fazem cobranças deste tipo.

E, por isso, é óbvio que qualquer Locadora prefere que o contrato não seja cumprido, pois ganha muito mais com o incumprimento do que com o cumprimento. E nunca há acordo pelo meio, pois a sociedade de advogados que os representam nunca fazem acordo. Exigem tudo até ao último cêntimo.

Ou seja, Cliente bom não é aquele que paga certinho até ao fim do contrato. Cliente bom é exactamente aquele que fica pendurado pelos pés até que lhe caiam todas as moedas dos bolsos porque, felizmente para os lucros da Locadora, entrou em incumprimento.

E curiosamente, ao longo de quase 25 anos de Tribunais, vamos encontrando cada vez mais Senhores Juízes a abanar o desgraçado até á última moeda, pois, do nosso ponto de vista, confunde-se o valor essencial à sociedade que é a segurança do comércio jurídico com o benefício desproporcionado das empresas financeiras. Aliás, montado em instrumentos legais emanadas especialmente pelo poder legislativo para este ramo específico de negócio.

Mas o importante para a Justiça é o Cidadão, Princípio o Fim das Profissões Judiciais, e do nosso ponto de vista, aquela realidade altera de forma radical o entendimento que possamos ter da sociedade, da consistência da economia e do seu enquadramento normativo. O que tudo junto contribui para o degradar dos níveis de lisura, de idoneidade e de honestidade que devem conformar o salutar relacionamento comercial dos cidadãos."

SERAFIM FERREIRA


(Foto e Texto de A Bola)

O ciclismo, o jornalismo, o desporto em geral e a sociedade perderam ontem um homem de valor acrescentado: morreu, aos 68 anos, Serafim Ferreira, o senhor ciclismo.
(...)
Jornalista da velha e ilustre escola portuense do JN, Serafim Ferreira não resistiu à doença e deixa um legado forte e uma imagem que, felizmente, foi reconhecida em vida. A sua marca no seu território predilecto, o ciclismo, mas a sua marca, também, no jornalismo, onde cresceu e se distinguiu, no JN, a casa de sempre.
(...)
Mas Serafim Ferreira correu sempre muito mais pelo ciclismo. Foi quando voltou ao JN para liderar o 'Sport Notícias', no início dos anos 90, que a modalidade atingiu a maior expressão. Idealizou, projectou e dirigiu as principais corridas velocipédicas durante uma década, sendo reconhecido com elementar justiça o cérebro e o rosto do desenvolvimento e projecção que a modalidade conquistou.

O “grande chefe” deixa-nos num luto muito pesado. O seu funeral realiza-se às 14.30 horas, na Igreja Nova do Candal, em V.N. Gaia."

terça-feira, abril 27, 2010

JÓIAS DA COROA

Já apareceram as jóias da coroa que foram roubadas na Holanda quando uns otários duns directores de museu as emprestaram para exposição no estrangeiro ? Ou nem essas temos para pagar os calotes que o Sócrates anda a contrair ?

O que vale é os plasmas dos nossos ciganos. A poupança nacional ficou concentrada nesses bens de aforro, indiciários de bom nível de vida. Nem precisamos do ouro de Salazar - o pouco que sobrou das operações de emagrecimento de reservas, como lhe chamavam os Secretários de Estado quando explicavam porque era bom para o país vender esse ouro.

Quem diria, hein? ainda vão ser os plasmas dos ciganos a salvar o país....

NOTÍCIAS DE HOJE

Portugal ultrapassou Dubai e Iraque e subiu ao 6.º lugar, com mais de 28% de risco de bancarrota. - Eu sabia. Tenho avisado. E vai continuar a agravar-se.

O treinador do FC Porto, apesar de ter sido expulso na visita de sábado ao Vitória de Setúbal (5-2), na 28.ª ronda da Liga de futebol, vai poder orientar os "dragões" domingo na recepção ao rival Benfica - Além de canalhas, são cobardes. Uma pouca-vergonha completa. Nem tomates têm para levar às últimas consequências a putice que praticaram desde o início do campeonato.

Dia negro para as bolsas PSI 20 caiu mais de 5 por cento - Vai haver mais. Vamos pagar bem cara a política de endividamento público instaurada por Guterres e agravada de forma estrondosa com o dinheiro gasto no último ano e meio com a segurança social antes das eleições para aguentar os votos dos desempregados em Sócrates e a ressurreição do BPN, para salvar não sei o quê.

Vamos sair do euro. É só uma questão de tempo. Andámos a gastar em euros o que não precisávamos, Bm's 320 e sustento de Ciganos e outros resistentes ao trabalho. Agora vamos pagar esses empréstimos todos em escudos. Ou talvez em Pesos Jacobinos.
As comemorações dos 100 anos da República, agora que a maçonaria jacobina voltou ao poder em todo o seu esplendor, prometem ficar no anal da nossa história.




A MANCHA DO TUNEL

Este é o Túnel da Mancha.

A mancha do túnel não sai nem com benzina.

AZOTO E VIDA


Enviada por JM

DESPISTE

Um amigo benfiquista enviou-me esta fotografia com a legenda de que os Super Dragões já estão na estrada a aguardar o autocarro do Benfica.

Aos benfiquistas sinistrados pelo despiste do autocarro desejamos rápidas melhoras.

segunda-feira, abril 26, 2010

PARABÉNS BENFICA


O meu amigo Pereira que mora na Expo viu ao vivo o seu Benfica sagrar-se campeão europeu em FutSal. Levou farnel e não saiu de lá.
Bem sabemos que historicamente o Benfica se meteu no Futsal só porque não ganhava nada em Futebol de onze. Mas tudo bem. Um título europeu é importante, é uma conquista que valoriza o desporto português.
Por isso, parabéns aos amigos benfiquistas. Desta vez podem dizer com verdade que são os maiores...mas da Europa. Não é do Mundo, está bem ? Pronto, lindos meninos. Levem lá a Taça que desta vez não houve Lucílios nem túneis. Estão a ver como é possível ganhar limpinho e até sabe melhor ?
(Só não publiquei uma imagem da equipa vitoriosa porque a não encontrei no Google. Era só imagens de anos atrasados, nada de fotos desta fase Final.)

CAMPEONATOS DISTRITAIS DE LISBOA

O Futebol Clube de Alverca este fim de semana trouxe da Lourinhã uma sacada de medalhas e taças.

Individuais:

Primeiro e Segundo Lugares em Infantis Femininos
Primeiro Lugar em Infantis Masculinos
Primeiro Lugar em Infantis Pares Artísticos
Primeiro Lugar em Iniciados Femininos
Primeiro Lugar em Juniores Masculinos.

Colectivamente

Taça do Primeiro Lugar em Infantis - para lá dos lugares do pódio, contribuíram os pontos alcançados pela Rio Maior, Milena e Casquinha com desempenhos seguros e competentes.

Taça do Segundo Lugar em Juniores - para lá do pódio, foi decisivo o quarto lugar da Nunes a uma unha negra dos degraus que está farta de conhecer e a Sara que desta vez conseguiu mostrar que também é capaz.

Taça do Terceiro Lugar de Iniciados - para lá do pódio, a prestação da Yolanda (estreia em campeonatos a "sério") foi um compromisso com o futuro.

Os parabéns às Dirigentes - as Senhoras Directoras, como eu as trato com carinho e respeito pelo muito trabalho que dá organizar estas coisas.

E os parabéns, sobretudo, às Treinadoras, autênticas "Mourinhas da Patinagem", cuja dedicação e empenho, competência técnica e artística, capacidade para gerir a ansiedade dos atletas e tremenda paciência para aturar os Pais e as Mães, produziram estes resultados.

Não esquecer as Cadetes da semana passada, Bogalho, Raquel e Charneca, as quais no escalão mais competitivo, obtiveram resultados consentâneos com a média geral dos atletas da Classe Competição do Alverca. A Bogalho com a sua eficácia habitual a Raquel com uma concentração que concretizou o seu potencial deixando-a encostada ao Top Ten e a Charneca, elegante e firme como se já andasse em campeonatos há muito tempo.

Salvo erro, temos apurados para os Campeonatos Nacionais nos diferentes escalões, um total de 9 atletas: Sousa, Santos, Rio Maior, Milene, Vasco, Filipa, Bogalho, Nunes e Miguel.

Finalmente três notas:

Uma de humildade, reconhecendo e declarando que para os rapazes acaba por ser mais fácil atingir os lugares do pódio - sem que isso signifique menosprezo pelo empenho nos treinos ou desvalorização do nível técnico alcançado.

Outra de ambição, declarando publicamente objectivos em termos da Classificação por Equipas no Escalão Infantis no Campeonato Nacional. Atenção amigos do Norte, do Baguim, de Valongo e de Gondomar: este ano vamos dar luta.

Finalmente, o Mundus da Vermelha caiu bem, mas para a próxima tentamos um Sottal da Quinta do Sanguinhal. Que os amigos do Norte ficam desde já convidados, que a competição na Patinagem é saudável e para os Pais é também uma questão gastronómica e "enológica".

E a sericaia para quem de direito não fica esquecida.

Grande fim de semana para quem curte estas coisas de ser Pai.

ENEACAMPEONATO


(Podem ir ao dicionário ver o que é...)

sexta-feira, abril 23, 2010

PIADA SECA

O Benfica demorou tanto tempo a ser campeão, por causa do Sá Fernandes que embargou a obra do Túnel do Marquês.

BIFANAS EM VINHA DALHOS



Os primeiros(do mundo) a celebrar no túnel.

AOS AMIGOS BENFIQUISTAS



Decidi procurar este hino e colocá-lo aqui para que os benfiquistas se vão re-habituando a gostar desta música. Pois que, como sabemos, nos últimos anos, cada vez que a ouviam, espumavam de raiva.

Aproveitei também para lixar a Sagres, pois a publicidade é feita à cerveja Heineken.

Finalmente escolhi esta versão pois acho que aqueles calçõezinhos têm tudo a ver com as "papoilas saltitantes". Aliás, se a aguia aparecesse a voar no video-clip, teria o nome de pássara maluca.

De todo o modo, roubando aqui e ali - quem é que nunca fugiu à sisa(como dizia o outro) que atire a primeira pedra - acabaram por ser campeões. E por isso os meus amigos benfiquistas vão ficar felizes até Setembro e as respectivas mulheres menos neuróticas.

Glória aos vencedores, Honra aos vencidos.

IGNORÂNCIA JURÍDICA

"Névoa ilibado de corrupção na oferta de 200 mil a Sá Fernandes

Juízes alegam que não estavam em causa actos do vereador da Câmara de Lisboa."

1. Para quem trabalha no ramo há 25 anos já percebeu há muito o grau de profunda ignorância jurídica do povo português. O Português não tem a noção do certo ou errado, não tem a noção do que é justo e equilibrado. A culpa é da Escola que não desenvolve esses valores. Basta reparar no Plano Nacional de Leitura para o Primeiro Ciclo e nas dezenas de "obras" de "autores" que não abordam os temas estruturantes da formação moral dos jovens - os bons e os maus - , mas usam de ratinhos mágicos e de fadas madrinhas que, no último momento, por um toque de magia tornam o mundo lindo e feliz para toda a gente. Em última análise é esta concepção mágica do mundo e da resolução dos problemas que proporciona que artistas do ilusionismo político como Sócrates, e outros, se vão aguentando à tona de água.

2.Não conheço o empresário Névoa. Mas por mero raciocínio de experiência comum, qualquer empresário neste país para ter conseguido chegar a algum lado, de certeza que pisou algumas linhas da ética. Ainda me lembro do tempo em que para conseguir marcar uma escritura notarial para um cliente meu, eu tinha que largar 10 contos no Cartório. E, para mim, não era corrupção. Eu é que estava a ser extorquido, porque se não pagasse não conseguia que o meu Cliente fizesse a escritura. Por isso, neste país, serão muito poucos aqueles que de uma forma ou de outra não passaram ao lado de fenómennos menos lisos. E não venham com tretas, que toda a gente pelo menos fugiu a Sisa. Ou se não fugiu foi porque não conseguia. Não há inocentes em Portugal.

3. O crime de corrupção exige, entre outros elementos que agora não vale a pena discutir, que um interessado numa decisão ou num acto de um funcionário público (ou equiparado) pague a esse funcionário para que o mesmo pratique o tal acto ou tome a tal decisão.

4. Como sabemos pelos jornais, o Vereador Sá Fernandes sempre usou e abusou de providências cautelares, em nome de um suposto benefício da Cidade de Lisboa, embargando obras e concursos e contratos e tudo aquilo que lhe conferisse 30 segundos de publicidade televisiva nos telejornais.

5. No caso do Névoa, este tinha empatado muito dinheiro no negócio em causa, a Câmara Municipal por maioria tinha decidido fazer o contrato com ele. Mas tudo ficou encravado porque Sá Fernandes - cuja posição perdera a votação no local próprio, ou seja, na Câmara, - meteu uma acção judicial a título meramente pessoal, embora com a roupagem de "acção popular" para encravar aquele negócio que, até ali, nada tinha de ilegal.

6. O Vereador Sá Fernandes não intentou aquela acção no exercício das suas funções. Actuou a título pessoal e individual. E com os fins de promoção pessoal que só o pessoal do Bloco e do Chapitôt não conseguem perceber, certamente porque a cannabis afecta aquela parte do cérebro.

7. Ora o Névoa tinha toda a legitimidade para perguntar: "Eh pá quanto queres para desistires do processo, deixares de me chatear e deixares que eu continue com os meus negócios ?"

8. Não existe obviamente qualquer tipo de corrupção, porque a desistência da acção era um acto pessoal e livre e, sobretudo, não era um acto que estivesse no âmbito das funções de Vereador que estivessem a ser compradas.

9. É exactamente uma situação parecida com uma obra de uma vivenda devidamente aprovada pela Câmara que, quando começa a ser construída, é embargada pelo vizinho do lado que acha que a obra o prejudica dum qualquer modo. Fala-se com esse vizinho, paga-se o preço do respectivo desconforto e ele desiste do processo em Tribunal. Nada de mais legal.

10. No caso do Vereador Sá Fernandes se há algo a criticar é a sua falta de coluna vertebral política que o levou a atraiçoar o Bloco de Esquerda em favor das vantagens do poder instalado socialista e que o levou a intentar a providência cautelar do Túnel do Marquês e outras, só para fazer campanha política nos telejornais, atrasando o desenvolvimento e as obras da Cidade e obrigando a pagar 18 milhões de euros de indemnização complementar à Construtora do Túnel. E isto sem falar dos milhões de prejuízos em tempo e combustível e stress, etc. que a população de Lisboa sofreu enquanto esse Senhor andava a fazer campanha para Vereador.

11. Em suma: Se o Névoa tivesse pago ao Vereador Sá Fernandes para este, enquanto Vereador, e nessa qualidade de "funcionário publico", praticar qualquer acto de favor, mormente desistir de uma acção judicial intentada pela Câmara ou pelo pelouro de Vereação de Sá Fernandes, haveria corrupção. Da forma como aconteceu, obviamente que não houve corrupção alguma.

12. E, sem conhecer pessoalmente qualquer dos intervenientes, sempre direi que prefiro mil Névoas e um único "Zé". Porque o primeiro cria riqueza e emprego. Os Vereadores "Zés" fazem currículo atrasando obras públicas e causando prejuízos ao País.

13.Lastimo é que os nossos jornalistas, muitos deles formados em direito, não tenham a mínima noção do funcionamento da Justiça e da articulação das regras de direito e que depois apresentem uma decisão que tem tanto de justa, como de esclarecida, como de inevitável, como se estivéssemos perante uma enormidade ou se os Juízes tivessem tomado o "partido da corrupção".

14. Povinho ignorante de Direito, a começar pelos jornalistas. É um dos dramas da nossa sociedade. O outra drama é a ignorância da economia e dos seus mecanismos. Mas isso é outra conversa.

15. Finalmente: os Juízes não "alegam". Os Juízes decidem. Os advogados é que alegam. E os jornalistas zurram.

quinta-feira, abril 22, 2010

JANIS



Oh lord won't you buy me a Mercedes Benz.
My friends all drive porsches, I must make amends.
Worked hard all my lifetime, no help from my friends.
So oh lord won't you buy me a Mercedes Benz
Oh lord won't you buy me a color TV.
Dialing for dollars is trying to find me.
I wait for delivery each day until 3.
So oh lord won't you buy me a color TV.
Oh lord won't you buy me a night on the town.
I'm counting on you lord, please don't let me down.
Prove that you love me and buy the next round.
Oh lord won't you buy me a night on the town.
Oh lord won't you buy me a Mercedes Benz
My friends all drive porsches, I must make amends.
Worked hard all my lifetime, no help from my friends.
So oh lord won't you buy me a Mercedes Benz

DESCARAMENTO


Mas o que é que os economistas do FMI e os analistas financeiros de Londres e de Nova Yorque percebem de economia, quando comparados com estes três Reis Magos, para se permitirem fazer reparos à esclarecida, inteligente e consequente política económica e financeira portuguesa ?

PRONÚNCIA DE CAMPEÃO


Ora vamos lá almoçar ao Pereira e ao Matos que são benfiquistas e bons rapazes.

SOSSEGO PÚBLICO

O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica emitiu comunicado garantindo a segurança do espaço aéreo português. A nuvem de partículas que nos poderia afectar não tem origem naquele vulcão que tem um nome que ninguém consegue pronunciar, mas é apenas devida às poeiras dos baús onde estavam guardados os cachecóis de campeão.

terça-feira, abril 20, 2010

CREDIBILIDADE INTERNACIONAL

Portugal tem uma «credibilidade que outros países não têm» - diz Teixeira dos Santos


Oh pá, vai dar banho ao cão, mais a teoria dos melhores do mundo, e da carruagem da frente, e do Guiness, e do caraças.

Actualmente, somos a anedota da Europa. Que te queiras comparar com a Guiné, ou a Venezuela, ou o Haiti ou a Coreia do Norte, é problema teu.

Eu cada vez tenho mais vergonha de ser português. Não pela nossa História, mas pela trampa de governantes que nos andam a conduzir para o abismo. Não bastava o João Pinto bater no árbitro, o nosso Primeiro Ministro acabar a licenciatura ao domingo e os nossos gestores só conseguirem lucros em monopólio ou oligopólio, como ainda temos que levar com a humilhação do nosso Presidente da República ser enxovalhado publicamente por defeitos óbvios de governação por parte de um país que ainda há vinte anos desconhecia a economia de mercado e vivia em plena economia centralizada no comunismo de leste.

Qual credibilidade?

Desde que Durão Barroso chegou à Comissão Europeia, a Europa começou a declinar;
Desde que Guterres chegou ao Comissariado para os Refugiados que a situação global se agravou
Desde que Sampaio chegou à Luta contra a Tuberculose que a doença alastrou no mundo.

Os camelos dos europeus ainda não perceberam o que vai acontecer ao Banco Central Europeu com a entrada daquele génio da Finança e da competência fiscalizadora chamado Victor Constâncio...

A única que resulta internacionalmente como Embaixadora da UNICEF ainda é a Catarina Furtado e, mesmo assim, apenas por causa daquele magnífico par de pernas.

Se o Teixeira dos Santos fosse bonito talvez ajudasse à credibilidade. Mas o gajo é feio que nem um bode com a tromba inchada de ter andado à porrada.

Com uma fuça daqueles e quase 9% de déficit, que credibilidade tem o nosso país ?

Só se for pela competência, engenho e arte do nosso primeiro Ministro no tempo em que ele projectava habitação nos concelhos da Guarda.

segunda-feira, abril 19, 2010

PAREDES



Recentemente incluído (em 9º) como um dos 30 melhores guitarristas de todos os tempos num inquérito da Revista Blitz. O único que não integra a área do rock, dos blues ou do metal.

PERÍNEOS


Para todos aqueles que se desculpam com a compressão do períneo para não "dar ao pedal," re-informa-se que existem modelos adequados a prevenir as lesões nessa zona tão sensível.

sábado, abril 17, 2010

PEDRO SOUSA


Para o Pedro Sousa ir abrindo a apetite. (Sem o teu Pai saber, depois mando umas gajas nuas...)

O PATINADOR

VULCÃO DE PORTEL

Conforme a imagem atesta, o vulcão de Portel entrou em violenta erupção, espalhando cinzas pelas redondezas e concentrando-as na atmosfera em nuvens que impedem a rota normal dos aviões comerciais entre Lisboa e Madrid. O Governo está a ponderar se deve usar o Plano de Contingência ainda do tempo do Ministro Pinho - que incluía a utilização da rota alternativa pela Vidigueira, Serpa e Vila Nova de São Bento, o que teria a desvantagem de interferir com o habitat da abetarda, tendo a Quercos manifestado a respectiva oposição -, ou se se avança para a construção imediata do TGV usando para o efeito as infra-estruturas das ecopistas de Montemor-o-Novo e Graça do Divor - que chegaram a comportar a passagem de comboios de tendencial alta-velocidade. Autoridades locais antecipam que é desta que o TGV Lisboa-Madrid vai avançar.
Entretanto, está em investigação no DCIAP, na mão da Drª Candida Almeida, a denúncia anónima que liga governantes, oposição e empresas de obras públicas à ignição do Vulcão de Portel. Segundo apurou o Xiclista, junto de fontes geralmente bem informadas de matérias em segredo de justiça, a denúncia já tem comprovação probatória, pois existe escuta telefónica de uma conversa entre um governante e um membro da oposição na qual terá sido dito: " A tua tia é mansa, mas quando aquece parece o vulcão de Portel". Deste modo, no entendimento dos investigadores, o aquecimento da tia, regra geral mansa, foi um acto deliberado para tornar irreversível a decisão de se avançar para a construção do TGV que ligue as capitais ibéricas.
Segundo a opinião de criminalistas a que se teve acesso, o aquecimento da tia, ou vulcanização dolosa agravada, só será punível de houver intenção directa em desviar a rota dos aviões. Se, ao contrário, o aquecimento da tia visava apenas tirá-la do estado de mansa, e pô-la, por exemplo a marrar, a dar coices ou a dizer muuu, mesmo que lhe tivessem manipulado os úberes a troco de dinheiro, já não será punível.
Outra opinião, porém, entende que se a tia mansa tiver um sobrinho que seja segurança num centro comercial ou steward desportivo, tanto bastará para a conduta ser punida.

A VACA MANSA

O Xiclista está em condições de mostrar a Tia e a Prima do tele-evangelista. Como se percebe facilmente, a grande vaca é de esquerda, pois está à esquerda da prima.

sexta-feira, abril 16, 2010

ULTIMA HORA


Ver aqui


Já descobri um argumento a favor do TGV Lisboa-Madrid. E se o vulcão de Portel entra em erupção ?

TEN TENORS



Bom fim de semana. Conduzam com cuidado, façam amor com as vossas mulheres e cuidado com o colesterol.

FOR THE LOVE OF GOD



Steve Vai e o Rock Sinfónico, próprio da minha geração.

PORTUGAL NA BANCARROTA


Ver aqui

"Portugal é o próximo alvo dos mercados financeiros. Está, como a Grécia, à beira da bancarrota, e ambos parecem muito mais perigosos do que a Argentina em 2001, diz o antigo economista-chefe do FMI, Simon Johnson. A opinião foi publicada pelo "New York Times".

O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, reagiu de imediato: "Num mundo de expressão livre também se podem escrever disparates sem fundamentação sólida, reveladores de ignorância".

Simon Johnson equiparou ainda o financiamento de Portugal a um esquema em pirâmide (como o utilizado pelo gestor norte-americano Bernard Maddof que lhe valeu a prisão perpétua). O economista diz que Portugal, tal como a Grécia, em vez de abater os juros da sua dívida, tem refinanciado os pagamentos de juros todos os anos através de emissão de nova dívida.

A Grécia pediu para iniciar as discussões com a Comissão Europeia, o BCE e o FMI sobre um programa de políticas económicas, sem que esta decisão constitua um pedido de ajuda, afirmou o Ministério grego das Finanças.

Em resposta, quer o FMI quer a Comissão Europeia anunciaram já que na próxima segunda-feira enviarão missões a Atenas para iniciar conversações com o Governo grego sobre os termos e as condições de um empréstimo ao país. Os países da Zona Euro anunciaram no domingo a disposição de emprestar, neste ano, ao Estado grego até 30 mil milhões de euros, a uma taxa em torno de 5%. O primeiro cheque será do FMI.

Mas como se já não bastassem as reticências do Governo alemão em contribuir com 8 mil milhões de euros para o plano de ajuda à Grécia, aprovado no domingo, soube-se ontem que dois juristas alemães estão a recolher apoios para desafiar no Tribunal Constitucional a legalidade de um eventual envolvimento do país num empréstimo ao Estado helénico.


Notas do Xiclista:

1. Há uns anitos que ando por aqui a aconselhar a não se desfazerem da leira de terra que os avós vos deixaram lá na terrinha, pois mais tarde ou mais cedo, vamos ter que cultivar as nossas próprias batatas para não morrer à fome. Vai ser como o Dr. Jivago. Com a agravante de que poucos de nós temos jeito para a poesia e de certeza que não vamos ter a Julie Cristie para desenjoar as agruras da vida.

2. O actual Pec vai cortar nas pensões dos mais indefesos: os nossos velhos. Mas em breve, a Europa vai obrigar a acabar com a despesa social, em especial, os subsídios aos inactivos. Quem vive nas cidades não deve comprar carro novo, pois mais tarde ou mais cedo, vem a malta dos bairros sociais queimar carros e caixotes do lixo com o Louçã a justificar e a compreender. Aconteceu em França e na Grécia, por cá vai ser o mesmo.

3. Está na altura de comprar arma devidamente legalizada. Em especial quem tem filhos para defender. Isto vai ruir de um momento para o outro. Comprem uma bicicleta. O combustível vai ser racionado.

4. Quem tiver bom crédito nos bancos, aproveite agora, saque dinheiro e meta-o na Suíça. Como isto vai ruir, vamos perder a casinha que temos por cá, mas salvamos o dinheirito na Suíça. Ou não é por isso que a nossa classe dirigente tem o dinheiro fora do sistema bancário doméstico ?

5. Depois não digam que não foram avisados. Os nossos deputados, cada vez que aprovam um orçamento, estão a contrair um empréstimo na Cofidis para pagar o empréstimo da GE, o qual já tinha sido contraído para pagar o empéstimo do Bes, que, por sua vez ,tinha sido contraído para pagar o empréstimo do Barclays que, por sua vez, tinha sido contraído para comprar a carrinha para o trabalho que já não funciona e para cujo arranjo não há dinheiro disponível, pois o pouco que se arranja é para pagar os juros à Cofidis, não sobrando mais nada. Se isto não é um esquema em pirâmide....

6. E quando os especuladores financeiros começarem a dirigir-se à dívida pública portuguesa, os juros da mesma vão disparar da mesma forma que o petróleo há ano e meio atrás. E isso significa uma explosão das taxas que pagamos. (Está na hora de largarmos a indexação á euribor e contratar taxas fixas). Os juristas alemães que estão a tentar impugnar o empréstimo são um artifício do Estado alemão que, pelos tratados europeus, está obrigado a contribuir, mas porque não está para isso, meteu uns paisanos a obter uma decisão do Tribunal Constituicional que impeça o Governo alemão de emprestar o dinheiro. A consequência imediata é que a Grécia vai ser corrida do euro. E nós vamos a seguir.

7. E se soubessem a minha indignação cada vez que saio deste escritório, chego à Rua Augusta e dou com uma dúzia de Ciganos que por ali andam a tentar enganar os camones, com ouro falso, enquanto têm casa camarária e subsídios de reinserção e Tribunal de borla e Hospital de borla, tudo pago pelos empréstimos internacionais que os nossos deputados, ano após ano, aprovaram na AR e que andamos a pagar - nós, aqueles que trabalhamos.

8. Vocês sabiam que os ciganos quando vão em tribo ao Hospital de Santa Maria, exigem ser atendidos à frente de toda a gente, fumam dentro do hospital, cospem para o chão, os funcionários, médicos e enfermeiros têm medo deles e não há um corpo de intervenção que lhes ensine bons modos ? Mas que merda é esta ?

9. Venha daí a puta da revolução, caraças. Para pôr os pontos nos iis. Demagogia, isto? Não, meu caro intelectual. Isto é o sentir generalizado da classe média. Os intelectuais dos blogues que andam ou já andaram pela política, pelo jornalismo e por actividades mais ou menos subsidiadas pelo erário público é que decidiram menorizar e inferiorizar intelectualmente as justas queixas da classe média, chamando-lhes " demagogia". Quando estiverem com uma arma apontada à cabeça, digam "demagogia" três vezes, vão ver que isso resulta imenso...

quinta-feira, abril 15, 2010

SURF NA HONDA


SÓ PARA RECORDAR

...que o meu atamancado blogue começou por ser sobre o meu ciclismo e as minhas bicicletas. Como se sabe, fui obrigado há mais de um ano a alterar radicalmente a linha do blogue, por razões de segurança pessoal, passando a omitir os percursos e os horários dos meus passeios de bicicleta. Ficaram outros temas para partilhar com os amigos. Que as minhas bicicletas são-me tremendamente importantes, mas a vida é mais do que isso. Também é desancar no nacional-benfiquismo e dar música à malta. Embora deva reconhecer com verdade que são os muitos amigos benfiquistas que dão consistência ao maior quinhão da minha vida social e emocional.

SALDOS


(enviado pelo Piteira)

DUPLO AXEL


Já aqui passei este vídeo do Valter Silva, crónico campeão nacional do respectivo escalão e intermitente campeão da europa.

Este salto denomina-se Duplo Axel. Quem o faz já demonstra nível superior na patinagem. É uma das fronteiras técnicas. Em Portugal, já o vi fazer em competição ao Valter, ao Diogo Ferreira de Gondomar e ao Sebastião Oliveira ex-Vilafranquense, actual Charneca da Caparica. Tudo moços com grande aptidão para a patinagem. Admito que haja outros juniores a fazer este salto, mas só referi aqueles que tenho a certeza de já ter visto em competição.

Ontem em treino vi o meu Miguel fazer o duplo Axel. Esclareceram-me que esta semana ele já tinha completado uma meia dúzia. Fico muito feliz por ele.

(Vamos lá a ver se ele me autoriza a editar aqui no blogue vídeos dele, em especial os esquemas Curto e Longo do Campeonato Nacional de Juvenis do ano passado, onde obteve um brilhante - tendo em vista a qualidade da concorrência - 5º lugar.)

DREAM ON

OBSÉQUIAS FÚNEBRES

RTP, notícias das 6:30 Horas de 15.04.2010


Reportagem sobre o Funeral de Estado do Presidente Polaco. Falava Sarkosy, o Presidente Francês, afirmando que iria deslocar-se ao Funeral. A legenda que traduzia o francês para português rezava assim: "comparecerei às OBSÉQUIAS..."

Daqui agradecemos humildemente a obséquia de alguém mandar de novo para a escola primária o funcionário da empresa do estado. Ou para as novas oportunidades.

quarta-feira, abril 14, 2010

POR UNA CABEZA

EQUÍVOCOS BLOGOSFÉRICOS (reimpressão)

"Meu caro Carneiro,
Ilustre Colega,
Perna Longa, cabelo comprido...com ideias a condizer.
Ainda por cima, sou carneiro de signo"

Assim, na impossibilidade de o fazer por outro modo:
Minha Senhora, lamento que não tenha percebido que este comentário que me dirigiu expressamente e no contexto em que o fez me incluiu com naturalidade na conversa, quer no tipo de humor que depois repudia, quer na inconsequente brincadeira que se desenhava. Não entrei na conversa à mão-armada, nem pela porta dos fundos. Foi a Senhora que me abriu a porta de frente deste modo. Se depois decidiu em contrário, é legítimo. Mas deveria ter informado primeiro.Não pode é invocar violação ou estupro da conversa. Até ali era consentido. E suscitado expressamente por si.
Na parte da Católica, sinceramente não alcanço a cólera suscitada nem a necessidade de invocar alguns dos mestres e o sistema de avaliação. Ora se eu não frequentei a FDL, mas apenas a Católica, o que é que a Senhora queria que eu lhe dissesse só para que não sentisse esse indisfarçável e azedo complexo de inferioridade académica ?
Não é a primeira vez que deparo com estados dolorosos subjectivos da articulação do cotovelo por causa da Católica. Mas se eu soubesse que o facto de não ter frequentado a Católica lhe era tão penoso e doloroso, acredite que tinha omitido essa informação. Até lhe dizia que era da Internacional, se soubesse que isso lhe conferia conforto emocional.
Finalmente o objecto da alegação determina-se pelo conteúdo das respectivas conclusões, devendo ser indicado expressamente o preceito violado. V. Exª nada disso efectuou o que comina a nulidade por ineptidão se não fôr suprida após convite do Relator.
O interlocutor originário fez o que cabia a um cavalheiro: defendeu a dama, a qualquer preço. Poderia ter evitado puxar-me as orelhas publicamente, mas no contexto psicológico em causa era inevitável que só assim pudesse ter acontecido: O cavalheiro acode à dama e estabelece mais um laço emocional, que ela aceita comovida com uma indisfarçável lágrima ao canto da vista do lado esquerdo. Esta está nos livros daqueles cursos menores, que não o nosso, acabados em "ia".
Em termos de "geração" devo dizer, para concluir, que a sua reacção é a típica das jovens advogadas com que me vou cruzando pelas varas e juízos. Gritam, esbracejam, esperneiam por vezes guincham clamando por justiça, apesar de raramente saberem do que estão a falar. O que não foi o Seu caso, pois que só esbracejou e sabia do que estava a falar.
Só que não tinha razão. Como acabámos de ver.
Respeitosos cumprimentos.
O Colega,
Carneiro
P.S. Para o Colega interlocutor originário, apenas a garantia de que se me tivesse apercebido antes desta reacção hormonal, o outro coment obviamente que não tinha sido emitido. Mas sou sincero a agradecer-lhe que o tivesse eliminado. Ia azedar desnecessariamente. E também compreeendo que o tenha feito em público. A curiosidade é a mãe de todas as imprevidências...
De todo o modo, como se diz na Sicília, não houve mal de sangue, pelo que por aqui não restam azedumes ou desejos de vendetta.

Actualização em 22.03.2010, às 18:00 horas: o bloqueio do meu perfil apenas demonstra que estamos perante uma excepção à regra de que sangue azul significa nobreza de carácter.

DERBY


Segundo garante quem viu, aquilo parecia uma equipa do Pacheco, protegida pela presidência do Major.
No próximo ano é que vamos tirar a prova dos nove a jogar com os meninos grandes da europa e com a aplicação das regras gerais, sem a intervenção prostituta do Dr. Ricardo Pavão e sem a risca ao meio do Careca Taberneiro.

terça-feira, abril 13, 2010

DERBY DA SEGUNDA CIRCULAR

Hoje só passa por ali pessoal da pesada. A evitar, portanto, pelas pessoas normais.
Em confronto estará o Sporting Club de Portugal (SCP) e o Lisbon Iquip of Vieira (LIV) que recentemente ganhou a final antecipada ao som dos Beatles, mais conhecidos como os Quatro de Liverpool.

Pergunta de um saloio: Se existe uma Segunda Circular, é porque existe uma Primeira Circular. Digo eu. Alguém sabe qual é a Primeira Circular ?

segunda-feira, abril 12, 2010

QUATRO

Manuel Machado tem esta fotografia emoldurada na parede ao lado dum cachecol do Liverpool.

"Lembra-te que és mortal, ...lembra-te que és mortal!" - era o aviso do escravo ao general que exibia a sua vitória, recomendando-lhe humildade, recato, contenção e bons modos. Mas há gente que sabe lá o que isso seja.

STEVE VAI



Este guitarrista é um dos actuais ídolos dos meus filhos.
Tem a sua própria banda, mas tem actuado a convite com Brian May, Zappa, Satriani, Osbourne, Zakk Wylde, Bon Jovi. Até gravou algumas das faixas do Sleep of the Tongue dos Whitsnake. A sua erudição musical permite-lhe actuar com diferentes orquestras sinfónicas. É um virtuoso da guitarra eléctrica, tendo desenvolvido, com a marca Ibañez, um tipo especial de guitarra. Se tivesse nascido há duzentos anos teria sido um virtuoso do violino. Digo eu.

OS MEUS ALENTEJANOS DO PEITO



Este é o grupo (ainda faltam ali alguns) de coirões-ciclistas que em boa hora me adoptou porque fazia falta alguém elegante, de bons modos e de boas famílias para dar nível e elegância cultural à equipa. Em suma, requinte. Ainda por cima tiveram a sorte de encontrar um gajo rico "porque tem uma mota".

Aquilo tem dias que é a ver quem espeta mais aldrabices aqui a este ingénuo Xiclista. Mas o Maurício é de longe o mais rebaldeiro. Nem o Sócrates espeta tantas aldrabices como ele.

De salientar o carro de apoio.

AI TIMOR...





Amiga Lita, mostra aí aos teus amigos timorenses, aquilo que em Portugal se gosta de Timor. É espontâneo, epidérmico, compulsivo. Popular. Comovente até ás lágrimas.

POEMA (de João Monge)

Lavam-se os olhos nega-se o beijo
do labirinto escolhe-se o mar
no cais deserto fica o desejo
da terra quente por conquistar

Nobre soldado que vens senhor
por sobre as asas do teu dragão
beijas os corpos no chão queimado
nunca serás o nosso perdão

Ai Timor
calam-se as vozes
dos teus avós
Ai Timor
se outros calam
cantemos nós

Salgas de ventres que não tiveste
ceifando os filhos que não são teus
nobre soldado nunca sonhaste
ver uma espada na mão de Deus

Da cruz se faz uma lança em chamas
que sangra o céu no sol do meio dia
do meio dos corpos a mesma lama
leito final onde o amor nascia

Ai Timor
calam-se as vozes
dos teus avós
Ai Timor
se outros calam
cantemos nós

Etiquetas:

domingo, abril 11, 2010

SHANIA TWAIN



Com dedicatória para a Kika e para outros paisanos de Belmonte, para onde em breve me deslocarei para fazer um estágio de montanha na bicla.

TUNA MÉDICA DE LISBOA



A minha Filha mais velha integra esta Tuna, sendo motivo de inevitável orgulho paternal.

OS QUATRO DE LIVERPUL

5 SEGUNDOS DE FAMA



Ainda tenho a haver 10 segundos de fama na TV.

(Com o capacete LA-Alumínios. Que tal Luis ? Até o advogado faz publicidade à empresa na TV...)

SEM CASOS


Gosto de jogos assim. Com jogadas limpinhas, simples e escorreitas. Sem espinhas.Agora, onze contra onze e sem penalties é mais difícil.

(Não consigo reduzir o tamanho ao ecran. Mas como se tratava de uma final antecipada, achei que devia ficar mesmo assim. Como é fácil de ver os nossos encarnados ganharam a final. Tratou-se do jogo entre os Lisbon Iquip of Vieira contra uns estrangeiros quaisquer de preto.)

FROM JAPAN


My japanese friend, Mr. Tanabé, wrote me again.
This is a castel on Osaka city (second photo).
In this time of the year, the japanese people celebrate cherry blossons by singing and drinking with friends and co-workers.
Thank you very much for the cultural celebrations on your father land you inform us.

As you can see in the first photo, in Portugal we celebrate the spring time by visiting the country side to have excessive eating and drinking . We don´t have so much cherry blossoms. But we have almond tree blossoms. This is an ex libris of the portuguese tourism industry.
Until next time, Mr. Tanabé.

Etiquetas: ,

PRÓXIMA PARAGEM: TIMOR

O Xiclista recebeu amável correspondência de uma especial amiga do peito que acabou de se reinstalar em Timor.
Informou que os estradões e trilhos de montanha são algo de espectacular para o Btt.
Enquanto não ultimo a organização da expedição, envio à Filó um abraço do tamanho de metade do planeta.

Etiquetas:

SUBSCRIÇÃO PÚBLICA

O Xiclista tem a honra de lançar uma Subscrição Pública destinada á aquisição de um Topolev para as viagens do nosso Primeiro Ministro, Ministro das Finanças, Governador do Banco de Portugal e também para aquele gajo com trejeitos apanascados que até ao ano passado foi Ministro da Agricultura.

O ALENTEJANO


A RAÇA DO ALENTEJANO


Como é um alentejano?
É, assim, a modos que atravessado.
Nem é bem branco, nem preto, nem castanho, nem amarelo, nem vermelho....
E também não é bem judeu, nem bem cigano.
Como é que hei-de explicar?
É uma mistura disto tudo com uma pinga de azeite e uma côdea de pão.

Dos amarelos, herdámos a filosofia oriental, a paciência de chinês e aquela paz interior do tipo "não há nada que me chateie";
dos pretos, o gosto pela savana, por não fazer nada e pelos prazeres da vida;
dos judeus, o humor cáustico e refinado e as anedotas curtas e autobiográficas;
dos árabes, a pele curtida pelo sol do deserto e esse jeito especial de nos escarrancharmos nos camelos;
dos ciganos, a esperteza de enganar os outros, convencendo-os de que são eles que nos estão a enganar a nós;
dos brancos, o olhar intelectual de carneiro mal morto;
e dos vermelhos, essa grande maluqueira de sermos todos iguais.

O alentejano, como se vê, mais do que uma raça pura, é uma raça apurada.
Ou melhor, uma caldeirada feita com os melhores ingredientes de cada uma das raças.
Não é fácil fazer um alentejano.
Por isso, há tão poucos.

É certo que os judeus são o povo eleito de Deus.
Mas os alentejanos têm uma enorme vantagem sobre os judeus:
nunca foram eleitos por ninguém, o que é o melhor certificado da sua qualidade.

Conhecem, por acaso, alguém que preste que já tenha sido eleito para alguma coisa?
Até o próprio Milton Friedman reconhece isso quando afirma que
«as qualidades necessárias para ser eleito são quase sempre o contrário das que se exigem para bem governar».
E já imaginaram o que seria o mundo governado por um alentejano?
Era um descanso...

(enviado por Piteira que, conforme o nome indica é escandinavo)

quarta-feira, abril 07, 2010

SCOTT CONTESSA SCALE RC 2010


Tenho uma amiga que comprou este topo de gama.

terça-feira, abril 06, 2010

MOTOCROSS ALENTEJANO


Motor com um porco da índia de potência.

HORA DE ALMOÇO



Está na hora de ir visitar o Pereira.

JIMMY, THE PAGE

segunda-feira, abril 05, 2010

JOHNNY CASH

O HOMEM É IMPARÁVEL





E vai outra.

Pelo meu lado, sei que a casa existe. Fui lá de propósito. Em bicicleta a pedal. Aliás, quase que fui devorado por um irritado e volumoso Serra da Estrela que me atacou em Vale Benfeito ou lá como se chama o diabo do Vale que, por acaso, fica no alto de uma subida bem inclinada.

Agora que ele diga que fez o projecto de borla é irrelevante, segundo apurou o Jornal que noticiou o caso. O homem não podia ser deputado em exclusividade, receber o subsídio dessa exclusividade e depois assumir Termos de Responsabilidade por obras que estavam a decorrer. Porque esses Termos obrigavam a visitar a obra e a garantir a respectiva regularidade. A menos que ele nunca lá tivesse metido os pés, o que traduz a falsidade dos tais Termos de Responsabilidade. Não interessa se era gratuito ou a receber. Se bem que ninguém acredite que ele o fizesse de borla. Olha quem...

Nota de enquadramento geográfico: a tal casa de Valhelhas fica na estrada para Famalicão da Serra, é uma das últimas da aldeia e fica escondida atrás daquela Capela do Sec.XV que dá centro ao Largo que, salvo erro de memória, se chama com alguma surpresa Largo da Capela.

ESTATÍSTICAS


Dizem as estatísticas da criminalidade que no período 18:30-22:30 Horas e entre o Tejo e o Vouga ocorrem, em maior número, assaltos, roubos e furtos.

O GOOGLE DÁ MUITO JEITO

We all came out to Montreux
On the Lake Geneva shoreline
To make records with a mobile
We didn't have much time
Frank Zappa and the Mothers
Were at the best place around
But some stupid with a flare gun
Burned the place to the ground
Smoke on the water, a fire in the sky, smoke on the water

They burned down the gamblin' house,
It died with an awful sound
and Funky Claude was running in and out
Pulling kids out the ground
When it all was over
We had to find another place
But Swiss time was running out
It seemed that we would lose the race
Smoke on the water, a fire in the sky, smoke on the water

We ended up at the Grand Hotel
It was empty cold and bare
But with the Rolling truck Stones thing just outside
Making our music there
With a few red lights and a few old beds
We make a place to sweat
No matter what we get out of this
I know, I know we'll never forget
Smoke on the water, a fire in the sky ,smoke on the water


Afinal, bem melhor fizera quando ignorara o "poema" do Smoke on the water". Para lá de ter percebido que a Mãe, afinal, não era a de Frank Zappa, o poema é uma treta - nas sábias palavras do meu Vasco quando se refere a 90 % das leituras a que o Plano Nacional de Leitura o tem obrigado.

Fico com refrão.... e o ritmo e o baixo e o solo e a bateria - que entra atrasada algumas vezes que o cavalo era fraco. Não na versão trabalhada passada em baixo. Mas na versão original. No Made in Japan. Ainda deve existir no sotão do meu Pai em vinil....

TUNEL DO MARQUÊS


A obra do Sportinguista Santana Lopes a pensar na comemoração dos títulos da Agremiação de Carnide.

SMOKE ON THE WATER




Este poderoso e inebriante ritmo chegou com o 25 de Abril. Parece mentira mas depois destes anos todos só decifrei parte dos lyrics. Nem tive curiosidade de encontrar o poema. Talvez o vá fazer hoje. O tema rodopia-me no cérebro sobretudo com a memória tão grata daqueles verdes anos. O refrão sempre me chegou. O resto era lembrança, memória e saudade. Nunca tive curiosidade para perceber o que é que a Mãe do Frank Zappa andava por ali a fazer.Mas já agora vou tirar isso a limpo.

RETRETE DAS ANTAS


Estou a pensar em comprar uma mota destas para oferecer ao Senhor Dr. Ricardo Costa. Efectivamente, desde a penhora da retrete dos árbitros mandada efectuar por um Chefe de Repartição de Finanças de Campanhã, ilustre associado da colectividade de Carnide, que não se via um tão escandaloso e alarve benefício privado usando meios públicos.
O quê ? Com esta mota o homem não vê a estrada nem o caminho ? E depois ? Ele não precisa. Antes de partir no raciocínio, já sabia onde queria chegar. Basta ler as 120 páginas...

domingo, abril 04, 2010

HERE I GO AGAIN




Corria o ano de 1982. Nessa época ia passar poucos fins-de-semana a casa. O meu Pai estava viúvo pela primeira vez e não valia a pena ir tratar da roupa.Estar com ele ainda me deprimia mais. Por outro lado, começara a fazer o turno da noite na recepção do Hotel e nem sempre tinha fins-de-semana livres. Tempos complicados, em deriva de rotinas, searching for an answer. Pedindo a Deus to give me strenght to carry on. Bem que eu queria wasting no more time.
Foi em 1982, ainda sem o perceber na plenitude, que comecei to walk along the lonely street of dreams.

Mas num fim de semana com o Carlos Francisco das Gamelas e com o Sergio Duarte do Bombarral fomos à Festa de Adão Lobo. E num recinto inclinado, servia de palco o reboque de um tractor agrícola. A banda era o conjunto da zona de Alcobaça " The Lords". E pela primeira vez na minha vida ouvi Whitesnake. Foi amor ao primeiro ouvido. Esta é a versão original, gravada no album Saints and Sinners (de memória acho que era este o album).
Percebi que aquele poema tinha sido eu a escrevê-lo. Em especial nas longas noites de insónia forçada inicialmente destinadas aos vícios do acto administrativo e aos vícios da vontade na declaração negocial.
E de repente alguém estava a cantar o poema que a minha vida tinha andado a tecer em rimas e ritmos irregulares e inconstantes.

Here I go again on my own.

I was born to walk alone. Here I go again.

Hoje. Como sempre.


Nota: Naquela zona do Oeste existem locais denominados: Adão Lobo, Martim Joanes, Pero Moniz, Vale Franca (dos Francos ?), Vila Verde dos Francos, etc.